Publicidade

Estado de Minas

Tanques americanos foram usados por paramilitares pró-Irã


postado em 09/02/2018 19:24

Tanques americanos Abrams vendidos ao exército iraquiano foram utilizados por grupos paramilitares pró-iranianos durante os combates contra o grupo Estado Islâmico (EI) no Iraque, informou nesta sexta-feira (9) o Pentágono.

"Todos os tanques foram recentemente restituídos ao exército iraquiano", disse o porta-voz do Pentágono, Eric Pahon.

Ele explicou que os "tanques Abrams M1 foram vendidos ao governo iraquiano nos últimos dez anos no âmbito do programa de vendas militares" do Departamento de Estado.

Segundo o acordo com Washington, esses tanques só podem ser utilizados pelo exército iraquiano, mas "descobrimos incidentes nos quais equipes de origem americana, inclusive os tanques Abrams M1, estiveram em posse de certos grupos das UMP", Unidades de Mobilização Popular, na luta contra o EI, acrescentou.

As UMP, ou Hashd al Shaabi, são uma organização paramilitar dominada por milícias xiitas muito próximas a Teerã, mas que se tornaram um aliado indispensável das forças iraquianas para combater o EI.

O Parlamento iraquiano votou a favor das UMP serem integradas pelas forças regulares, mas Washington se preocupa com a influência de Teerã sobre elas.

"Continuaremos vigiando todas as forças que receberem equipamentos militares americanos (...) para nos assegurarmos de que este equipamento se mantenha em posse dos usuários finais", disse Pahon.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade