Publicidade

Estado de Minas

Postergam noivado oficial e casamento da princesa japonesa Mako


postado em 06/02/2018 14:24

O noivado oficial e o casamento previstos para este ano da princesa Mako, neta do imperador do Japão, com um plebeu foram postergados até 2020 devido à "falta de preparação", informaram os meios de comunicação japoneses nesta terça-feira (6).

Mako, de 26 anos, anunciou em setembro seu noivado com Kei Komuro, um jovem também de 26 anos que conheceu na universidade e atualmente trabalha em um escritório de advogados.

Uma cerimônia tradicional estava prevista para 4 de março para oficializar o noivado e o casamento estava marcado para 4 de novembro.

Em uma declaração à agência da Casa Imperial, citada pela agência Kyodo, a princesa Mako "reconheceu a falta de tempo para realizar os preparativos necessários" visando o casamento.

Também disse que deseja postergar o casamento para 2020, após "uma série de cerimônias importantes para a família imperial", aparentemente fazendo alusão à abdicação do imperador Akihito, em abril de 2019.

Segundo a agência de notícias Jiji, um dos responsáveis da agência da Casa Imperial assegurou que o casal ainda prevê se casar, e desmentiu que a postergação estivesse relacionada à publicação de um artigo que mencionava que a mãe do noivo tinha problemas financeiros.

Questionada pela AFP, a agência da Casa Imperial não quis comentar as informações.

O casamento entre Mako e Kei Komuro excluirá a princesa da família imperial em virtude de uma polêmica lei que não se aplica aos homens.

O próprio imperador Akihito e seus dois filhos se casaram com plebeias, que integram a família imperial.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade