Publicidade

Estado de Minas

Síria desmente acusações dos EUA de que usou armas químicas


postado em 03/02/2018 17:30

A Síria desmentiu neste sábado as acusações dos Estados Unidos de que o regime teria usado armas químicas contra rebeldes perto de Damasco.

"O Ministério das Relações Exteriores denuncia as acusações falsas dos Estados Unidos segundo as quais o governo sírio recorreu a armas químicas em Ghouta Oriental", indicou uma fonte do ministério citada pela agência oficial Sana.

Ghouta Oriental é um enclave rebelde a leste de Damasco, e seus habitantes sofrem o cerco do regime desde 2013.

Os Estados Unidos se mostraram preocupados com o possível uso de gás sarin na Síria, declarou nesta sexta-feira o secretário de Defesa americano, Jim Mattis.

O cloro "foi usado em várias ocasiões" em ataques na Síria, indicou Mattis, ao ser questionado por jornalistas no Pentágono sobre acusações feitas por autoridades do Departamento de Estado.

"Mas o que mais nos preocupa é a possibilidade de que tenha sido usado gás sarin recentemente", indicou Mattis, assinalando que se trata de uma hipótese sem provas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade