Publicidade

Estado de Minas

Deputada Yeda Crusius assume presidência do PSDB Mulher


postado em 08/12/2017 23:13

Brasília, 08 - Por 67 votos a 1, a deputada Yeda Crusius foi eleita presidente do PSDB Mulher na noite desta sexta-feira . Ela assumirá o cargo no lugar da alagoana Solange Jurema. Durante o pleito, representantes de todos os estados se pronunciaram sobre questões relacionadas aos direitos das mulheres e reclamaram da falta de igualdade de gênero na política, inclusive dentro do partido. Elas defenderam que as tucanas devem apoiar a campanha de outras mulheres na eleição de 2018 para garantir maior representatividade no Executivo e Legislativo a partir do ano que vem.

Após a eleição de Yeda, parte do espaço utilizado pela sigla ao longo do dia para a primeira etapa da convenção começou a ser desmontado. Neste momento, trabalhadores preparam o local para o segundo dia de convenção, quando será eleita a Executiva Nacional da legenda.

Com isso, a eleição para a presidência da Juventude do PSDB deve ser adiada por tempo indeterminado. A comissão eleitoral da Juventude ainda não confirmou a informação, mas integrantes admitem que será "muito difícil" que o pleito ocorra hoje. Inicialmente, a eleição estava prevista para ocorrer às 14 horas desta sexta-feira. Um impasse entre as chapas adversárias ligadas aos senadores Tasso Jereissati (CE) e Aécio Neves (MG), no entanto, inviabilizou a eleição.

A oposição já teria cedido e admitido ficar sem os votos das delegações ausentes, porém a direção nacional teria se incomodado com a confusão e considerado que ficou muito tarde para qualquer deliberação. Segundo o presidente interino da sigla, Alberto Goldman, alguns pontos ainda estão sendo discutidos sobre as regras eleitorais. (Julia Lindner)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade