Publicidade

Estado de Minas

Chefe da ONU pede que Mianmar suspenda operações contra rohingyas


postado em 13/09/2017 13:46

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, pediu nesta quarta-feira que Mianmar suspenda suas operações militares contra a minoria rohingya, que já provocaram a fuga de 400.000 para o Bangladesh.

"Faço um apelo às autoridades de Mianmar para que suspendam as atividades militares e a violência, e que respeitem a lei", declarou Guterres, durante uma coletiva de imprensa.

Quando perguntado por um jornalista se a atual crise seria uma limpeza étnica, Guterres respondeu: "quando um terço da população rohingya deve fugir do país, vocês acham que podem encontrar uma palavra melhor para descrever" a situação?!

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade