Publicidade

Estado de Minas

'Franceses mineiros' votam neste sábado, no Consulado da França, em BH

Apesar dos últimos acontecimentos em Paris, clima na capital mineira é de total tranquilidade


postado em 22/04/2017 16:21 / atualizado em 23/04/2017 09:48

(foto: Consulado da França/Divulgação)
(foto: Consulado da França/Divulgação)

Cerca de 250 franceses que moram em Minas Gerais foram às urnas neste sábado, um dia antes para participar do primeiro turno das eleições francesas. Nem mesmo os últimos acontecimentos, em que um atirador matou um policial e foi morto na Champs-Élyseés, em Paris, abalaram a tranquilidade dos eleitores.

Segundo Manoel Bernardes, cônsul honorário da França em Minas Gerais, são cerca de 900 os franceses registrados no estado. Destes, 650 figuram nas listas eleitorais, entre os quais 400 na Região Metropolitana de BH. Manoel explica que, por serem muito reservados, os franceses preferem não comentar sobre o pleito, mas ele acredita que a participação em Minas tenha sido expressiva. "Como também este ano as eleições francesas não ficaram polarizadas entre republicanos e democratas, já que são 11 candidatos, eles quiseram participar mais." 

A votação em Minas Gerais terminará às 18h, mas, segundo o cônsul, o resultado só será divulgado neste domingo. Os votos serão repassados para o consulado do Rio e, posteriormente, para a Embaixada da França, em Brasília (DF) e, logo em seguida, para as autoridades francesas.

As eleições presidenciáveis francesas são divididas em dois turnos, com intervalo de 15 dias, assim como as eleições legislativas (para deputado), com o mesmo intervalo. Na França, o voto não é obrigatório. As últimas pesquisas mostram quatro candidatos à frente neste primeiro turno: Emmanuel Macron, de centro, e Marine Le Pen, líder da extrema-direita, seguidos pelo candidato de extrema-esquerda Jean-Luc Mélenchon e o conservador François Fillon.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade