Publicidade

Estado de Minas

ONU fará reunião de emergência pela crise em Aleppo


postado em 29/11/2016 17:01

O Conselho de Segurança da ONU fará uma reunião de emergência nesta terça ou na quarta-feira, em Nova York, em razão da crise humanitária no leste de Aleppo, indicaram fontes diplomáticas.

O embaixador francês François Delattre disse a jornalistas que Paris tenta junto com o governo de Senegal, que atualmente ocupa a presidência do Conselho, "convocar (esta reunião) entre hoje e amanhã (terça e quarta-feira)".

"A França e seus sócios são podem se manter em silêncio diante do que poderia ser o maior massacre de civis desde a Segunda Guerra Mundial", assinalou Delattre.

"Precisamos encontrar uma forma de fazer chegar a ajuda humanitária à população", afirmou.

Segundo a ONU, 16.000 civis fugiram do leste de Aleppo.

O embaixador britânico, Matthew Rycroft, apoiou a convocatória para realizar esta reunião de urgência.

Rycroft estimulou "o governo sírio e a Rússia a deter os bombardeios e deixar entrar a ajuda humanitária".

O diplomata afirmou que a ONU "tinha um plano" para socorrer os habitantes do leste de Aleppo e evacuar os feridos, e que "a oposição" já havia aceitado esse plano.

"Assim, peço à Rússia que faça o necessário para que o governo sírio dê seu aval", acrescentou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade