Publicidade

Estado de Minas

Golpe militar: Kerry espera paz e 'continuidade' na Turquia

Militares decretam lei marcial e toque de recolher


postado em 15/07/2016 18:16 / atualizado em 15/07/2016 18:27

O secretário de Estado americano John Kerry disse nesta sexta-feira que está acompanhando os eventos na Turquia, onde as tropas militares estão nas ruas em meio a notícias de tentativa de golpe de Estado.

Kerry disse que, independentemente do desenrolar dos acontecimentos, ele espera que a Turquia possa resolver a crise preservando a paz, a estabilidade e o respeito pela "continuidade". Já o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, pediu que se evite "qualquer confronto sangrento".

Os militares que tomaram o poder na Turquia declararam lei marcial. Na prática, ela suspende as liberdades fundamentais das pessoas, veta manifestações, censura opiniões e restringe o direito de ir e vir. Também foi decretado um toque de recolher


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade