Publicidade

Estado de Minas

Violência deixa 300 mortos e 42.000 deslocados no Sudão do Sul


postado em 15/07/2016 14:31

Ao menos 300 pessoas morreram em recentes combates na capital do Sudão do Sul, Juba, onde também foi registrado o deslocamento de cerca de 42.000 pessoas, informou a ONU.

Juba viveu de 8 a 11 de julho enfrentamentos entre as forças leais ao presidente Salva Kiir e ex-rebeldes sob o comando do vice-presidente Riek Machar, colocando em perigo um acordo de paz assinado em 2015.

O Sudão do Sul se tornou independente em 2011. Em 2013, mergulhou numa guerra civil com matanças interétnicas que deixou milhões de mortos e deslocados.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade