Publicidade

Estado de Minas

EUA suspendem sanções ao Irã após acordo nuclear, anuncia Kerry


postado em 16/01/2016 20:37

Os Estados Unidos anunciaram neste sábado a suspensão das sanções impostas ao Irã - de acordo com declaração do secretário de Estado americano, John Kerry.

"Venho por meio desta confirmar que a Agência Internacional de Energia Atômica verificou que o Irã implementou, completamente, os compromissos exigidos (...) Os compromissos dos Estados Unidos referentes às sanções estão agora em vigor", disse Kerry.

Poucos minutos antes, a AIEA havia aprovado a entrada em vigor do acordo, destacando que Teerã cumpriu sua parte na redução de seu programa nuclear.

O presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, o republicano Paul Ryan, reagiu rapidamente e denunciou o acordo com o Irã.

"Hoje, o governo Obama começará a suspender as sanções econômicas contra o principal Estado que apoia o terrorismo no mundo", alertou Ryan, em um comunicado.

Segundo ele, "muito provavelmente", Teerã vai-se aproveitar do novo volume de recursos financeiros para continuar financiando o terrorismo.

"Como sugeriu o próprio presidente, o Irã usará este dinheiro, muito provavelmente - mais de US$ 100 bilhões no total -, para financiar terroristas", manifestou Ryan, lembrando que os republicanos votaram contra o acordo firmado entre as grandes potências e Teerã em julho passado.

Ryan também denunciou a suspensão das sanções poucos meses depois do lançamento, por parte de Teerã, de um míssil balístico e apenas dias depois de o Irã ter retido duas embarcações e dez marines americanos, liberando-os em seguida. Os navios se encontravam em águas territoriais iranianas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade