Publicidade

Estado de Minas

Cantora canadense grávida é expulsa de avião por choro do filho de 2 anos

Caso ocorreu na quarta-feira em um voo da United que ia dos EUA para o Canadá


postado em 29/05/2015 11:02 / atualizado em 29/05/2015 11:15

(foto: Reprodução Instagram)
(foto: Reprodução Instagram)
A cantora canadense Sarah Blackwood, da banda Walk Off the Earth, fez um desabafo nas redes sociais. Em seus perfis, ela contou que foi expulsa de um avião que iria de São Francisco, nos Estados Unidos, para Vancouver, no Canadá, porque seu filho de apenas 2 anos "chorava alto demais e incomodava os outros passageiros. O caso ocorreu na quarta-feira e a aeronave da United Airlines retornou ao portão de embarque para que Sarah e seu Giorgio deixassem o avião.

Em seu perfil no Twitter, a cantora, que está grávida de sete meses do segundo filho, postou um vídeo em que aparece argumentando com funcionários da United após ser expulsa do voo. Além disso, ela escreveu: "Acabei de ser expulsa de um voo da United porque meu filho estava chorando muito alto".

Em sua defesa,a United declarou que o bebê foi retirado do avião pois se recusava a sentar na poltrona e seguir as regras de segurança pois estaria em pé no corredor da aeronave, fato que foi desmentido tanto por Sarah quanto por outros passageiros que estavam no voo e declararam que, no momento da expulsão, o menino dormia com a mãe.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade