Publicidade

Estado de Minas

Libertado refém britânico na Líbia


postado em 04/10/2014 20:52

O britânico David Bolam foi solto "são e salvo" na Líbia e já se reuniu com sua família, informou neste sábado a chancelaria britânica, sem dar mais detalhes.

Bolam, professor da Escola Europeia de Benghazi, no nordeste da Líbia, foi capturado por combatentes no dia 19 de maio passado.

Segundo um funcionário da escola, que pediu para não ser identificado, os sequestradores telefonaram para o diretor líbio do centro de ensino e pediram resgate.

Em dezembro, um professor americano da Escola Europeia foi assassinado em Benghazi.

O centro americano de acompanhamento de sites islâmicos (SITE) identificou Bolam em um vídeo publicado no mês passado no Youtube, no qual pede ao primeiro-ministro britânico, David Cameron, que garanta sua libertação.

O autodenominado grupo Jeish al Islam (Exército do Islã) colocou o vídeo na Internet em agosto, mas o SITE só pôde verificá-lo um mês depois.

A Líbia está afundada no caos e nas mãos das milícias desde a queda e a morte do ditador Muammar Khadafi, em 2011.

Benghazi, cunha da revolta contra Kadhafi e feudo de grupos islâmicos radicais, é palco frequente de combates e assassinatos de membros das forças de segurança, militantes e jornalistas.


Publicidade