Publicidade

Estado de Minas

Patriarca maronita libanês acompanhará Papa em visita à Terra Santa


postado em 02/05/2014 12:25

O patriarca maronita Bechara Rai afirmou à AFP nesta sexta-feira que vai acompanhar em maio o papa Francisco em sua visita à Terra Santa.

Esta é a primeira vez que um clérigo libanês visita Jerusalém desde a criação do Estado de Israel em 1948.

"Não se trata de uma visita política. O Papa visitará a Terra Santa e Jerusalém. Ele irá à diocese do patriarca, e é normal que o patriarca o receba", declarou Bechara Rai por telefone.

"Também é normal que o patriarca visite as paróquias de sua diocese", acrescentou. Bispo Rai é o patriarca maronita de Antioquia, Jerusalém e de todo o Oriente.

Líbano e Israel estão tecnicamente em guerra desde 1948 e os libaneses que visitam o território israelense podem ser processados por alta traição.

De acordo com o Centro Católico de Informações no Líbano, há 10.000 maronitas na Terra Santa.

"Rai não participará de qualquer reunião política em Israel, mas se reunirá com o presidente palestino Mahmud Abbas", explicou à AFP o assessor do patriarca Rai, o bispo Boulos Sayyah.

Ele indicou que "desde o armistício, em 1949, foi estabelecido que o bispo maronita da Terra Santa poderia se movimentar entre o Líbano e a Palestina passando pela cidade fronteiriça de Naqoura", no sul do Líbano.

"Além disso, existe um acordo tácito com as autoridades libanesas permitindo que (outros) homens e mulheres religiosos visitem a Terra Santa em missão.

O papa Francisco realizará entre os dias 24 e 26 de maio sua primeira peregrinação à Terra Santa desde que foi eleito.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade