Publicidade

Estado de Minas

Valparaíso: uma cidade portuária declarada Patrimônio da Humanidade


postado em 13/04/2014 17:07

A cidade de Valparaíso, atingida por um grande incêndio desde ontem, é um grande porto do centro do Chile, declarado Patrimônio da Humanidade da Unesco em 2003.

Situada na costa do Pacífico, 120km a nordeste de Santiago, a cidade é famosa pelas casas coloridas que enfeitam suas mais de 40 colinas, que formam um anfiteatro natural.

A cidade é visitada anualmente por turistas que percorrem suas ruas entrelaçadas, escadas, e uma das residências, transformada em museu, do poeta Pablo Neruda.

Com 270 mil habitantes, a cidade, onde fica a sede do Congresso chileno, registra um nível de pobreza superior à média nacional e precisa de uma desenvolvimento econômico maior.

Os teleféricos que levam os visitantes até o alto para admirar a baía são testemunhas da idade de ouro. Passaram da propulsão hidráulica para o sistema elétrico, e foram classificados de monumentos históricos pelo governo. Mas a maioria sofre com o abandono por problemas técnicos ou financeiros.

Valparaíso teve um papel geopolítico de grande importância na segunda metade do século XIX, quando seu porto era uma escala obrigatória das embarcações que viajavam do Atlântico para o Pacífico atravessando o perigoso Estreito de Magalhães.

Os imigrantes que chegavam da Europa para povoar o país tornaram Valparaíso, conhecida como Peróla do Pacífico, a cidade mais cosmopolita do Chile.

A principal fonte de receita da cidade é a chegada de turistas, atraídos pelos vestígios de um passado glorioso, que terminou no começo do século XX, com a abertura do Canal do Panamá.


Publicidade