Publicidade

Estado de Minas

Tiroteios e saques no centro de Bangui


postado em 29/01/2014 10:22

Disparos de armas automáticas e explosões eram ouvidos ao meio-dia desta quarta-feira no centro de Bangui, onde também ocorriam saques, constatou um correspondente da AFP.

Os disparos, de origem desconhecida até o momento, eram ouvidos nas zonas próximas ao bairro PK-5.

Há alguns dias, saqueadores e milicianos cristãos tentam entrar no bairro PK-5, uma região repleta de lojas pertencentes em sua maioria a muçulmanos.

A intensidade dos tiros diminuiu meia hora depois, quando os habitantes da região fugiram a bairros próximos.

Em outros bairros da cidade foram registrados saques e atos violentos que deixaram ao menos dois mortos durante a manhã.

Em um bairro próximo ao aeroporto, um civil muçulmano foi assassinado com uma faca por milicianos cristãos, embora os soldados franceses que participam da operação Sangaris tenham agido para protegê-lo, constataram jornalistas da AFP.

A uma centena de metros de distância um jovem, neste caso cristão, também morreu vítima de uma arma branca pelas mãos de um civil, contou Benjamin, testemunha na cena do crime.

E no centro da cidade os saqueadores levavam as mercadorias roubadas nos arredores.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou na terça-feira uma missão militar europeia na República Centro-Africana para ajudar as tropas francesas e africanas da MISCA que lutam para restabelecer a ordem em Bangui, onde cristãos e muçulmanos se enfrentam em atos de violência quase diários.


Publicidade