Publicidade

Estado de Minas

ONU cobre órgão sexual de escultura antes de visita de delegação do Irã


postado em 14/10/2013 10:55

Uma grande tela branca foi colocada diante da escultura de um homem nu com o órgão sexual à mostra que se encontra na entrada da Sala do Conselho das Nações Unidas, em Genebra, na véspera da abertura de negociações da UE com o Irã sobre a questão nuclear.

A informação, revelada no site do jornal la Tribune de Genève, indica que o tecido foi colocado há vários dias.

Diante da tela, também foram colocadas duas bandeiras, a europeia e a iraniana.

A tela esconde uma escultura de mármore, obra do artista britânico Eric Gill.

Com o título "A Criação do Homem", a peça é inspirada no afresco de Michelângelo, "A Criação de Adão".

O Reino Unido deu a obra de presente à Liga das Nações, antecessora da ONU, em 1938.

Segundo o Tribune de Genève, as consultas entre ONU e Irã acontecerão nos salões privados que têm na entrada "A Criação do Homem". A mudança teve por objetivo evitar o "choque" dos iranianos.

O departamento de comunicação da ONU afirmou que respeitou uma solicitação do país anfitrião, Suíça.

Segundo uma porta-voz do ministério suíço das Relações Exteriores, a tela foi colocada para criar um "fundo neutro" aos participantes no momento das fotos. A medida também servirá para ocultar as portas da Sala do Conselho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade