Publicidade

Estado de Minas

Cientista brasileiro revela imagem de exoesqueleto que dará pontapé inicial na Copa

Miguel Nicholelis participa do projeto Andar de Novo, realizado em colaboração coma Universidade Americana de Duke


postado em 06/08/2013 17:27 / atualizado em 06/08/2013 17:53

Membros artificiais podem fazer com que paraplégicos deixem a cadeira de rodas para trás(foto: Reprodução / Miguel Nicholelis / Facebook)
Membros artificiais podem fazer com que paraplégicos deixem a cadeira de rodas para trás (foto: Reprodução / Miguel Nicholelis / Facebook)
O neurocientista brasileiro Miguel Nicholelis revelou, nesta terça-feira, como será o exoesqueleto que dará a chance de paraplégicos andarem novamente. O pesquisador usou sua página oficial no Facebook para compartilhar a inovação tecnológica que promete dar o pontapé inicial da Copa do Mundo, que será sediada pelo Brasil em 2014.

"Revelada primeira imagem do exoesqueleto robótico que se encontra em processo de construção pela equipe internacional do projeto Andar de Novo (Walk Again Project). Imagem mostra os 5 módulos do exoesqueleto e o seu backpack the controle", informou Nicholelis na nota. Realizado pelo Centro de Neuroengenharia da universidade americana de Duke, o projeto conta com membros da comunidade científica internacional e pretende estabelecer uma conexão entre o cérebro humano e máquinas eletrônicas. No futuro, ele possibilitará que pessoas imobilizadas se movimentem com o auxílio de membros artificiais.

Atualmente, cientistas testam a tecnologia com primatas, com resultados positivos. "Hoje também, mais um trabalho do Centro de Neuroengenharia da Duke University foi aceito para publicação numa das grandes revistas de ciência americana. O trabalho revela uma propriedade até então desconhecida do córtex somestésico de primatas", explicou Nicholelis em sua página.

No primeiro esquema divulgado, Miguel apresentou os cinco módulos do exoesqueleto e sua mochila de controle. O neurocientista também prometeu a seus seguidores mais detalhes sobre o projeto, que serão revelados nos próximos dias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade