Publicidade

Estado de Minas

Papa Francisco mostra sinais de humildade logo no primeiro pronunciamento

Diferanças entre Francisco e Bento XVI já aparecem logo no primeiro discurso


postado em 13/03/2013 20:43 / atualizado em 14/03/2013 10:47

O Bispo de Roma se curvou no parapeito e pediu que a multidão orasse por ele(foto: Reprodução/TV Vaticano)
O Bispo de Roma se curvou no parapeito e pediu que a multidão orasse por ele (foto: Reprodução/TV Vaticano)
O papa Francisco, eleito nesta quarta-feira no Conclave, já mostrou logo em seu pronunciamento inicial como deverá ser o seu comando na Igreja Católica. O argentino Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, apareceu ao público pela primeira vez vestindo a batina branca, sem a estola vermelha papal. Em 2005, seu antecessor Bento XVI subiu à sacada do Palácio com todos os paramentos. Em seus primeiros gestos, os pontífice também demostrou certa simplicidade, numa escolha que surpreendeu o mundo. Após brincar por ter sido escolhido numa arquidiocese no "fim do mundo", Francisco mostrou humildade. O Bispo de Roma, curvou-se no parapeito e pediu que a multidão orasse por ele: "E agora quero dar a Bênção, mas antes, peço-vos um favor: antes de o Bispo abençoar o povo, peço-vos que rezeis ao Senhor para que me abençoe a mim; é a oração do povo, pedindo a Bênção para o seu Bispo", disse Francisco. O pontífice ainda lembrou de Bento XVI e rezou pelo papa-emérito. Outra novidade é o nome "Francisco", primeiro líder a utilizá-lo. O nome remete a São Francisco Xavier, santo co-fundador da Companhia de Jesus, os Jesuítas, que se dedicou à evangelização no Oriente. O nome faz ainda referência direta a São Francisco de Assis, que pregava uma vida de simplicidade e acolhida ao pobres. Outro santo com esse nome foi São Francisco de Paula, monge eremita que lutou pela caridade e ajuda ao próximo. Bento XVI escolheu este nome em homenagem a Bento XV, papa que se destacou em trabalhar pelo fim da Primeira Guerra Mundial. Bento é ainda referência a São Bento, padroeiro da Europa. O então arcebispo de Buenos Aires já era conhecido por ter uma vida simples, mesmo como cardeal. Costumava usar o transporte coletivo em suas visitas pastorais e, quando em Roma, preferia hospedar-se na casa dos Jesuítas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade