Publicidade

Estado de Minas

Ex-funcionário invade empresa, mata quatro pessoas e comete suicídio

Homem assassinou proprietário e diretores horas após ser demitido


postado em 28/09/2012 08:15 / atualizado em 28/09/2012 09:08

Um ataque a tiros dentro de uma empresa de equipamentos de sinalização para deficientes físicos deixou pelo menos cinco pessoas mortas e quatro feridos em Mineápolis,no estado de Minnesota, nos Estados Unidos. Entre as vítimas, estão quatro funcionários da empresa, além do próprio atirador, que teria cometido suicídio logo após provocar a tragédia.

Segundo testemunhas, a chacina foi cometida por Andrew Engeldinger, de 36 anos. Ele havia sido demitido da companhia Accent Signage Systems na manhã desta quinta-feira. À noite, ele retornou armado e disparou contra alvos específicos, entre os quais diretores e o proprietário da empresa. No momento do ataque, 28 pessoas trabalhavam no local.

Uma equipe da Swat, esquadrão de elite da polícia estadunidense, foi deslocada até a empresa, mas já encontrou o atirador morto. Os feridos foram levados para o Centro Médico do condado de Hennepin e pelo menos três deles encontram-se em estado gravíssimo. Entre as vítimas fatais, apenas Reuven Rahamim, proprietário da empresa, foi identificado até o momento.

O governador de Minnesota, Mark Dayton, lamentou a tragédia, classificando-a como um ato de "violência sem sentido". Ainda em 2012, pelo menos dois outros ataques a tiros causaram comoção nos Estados Unidos. Há cerca de um mês, um homem armado matou um transeunte e deixou vários feridos em frente ao Empire State Building, em Nova York. Em Em 20 de julho de 2012, outro atirador assassinou 12 pessoas em um cinema em Aurora, Colorado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade