Publicidade

Estado de Minas

Popularidade de Piñera atinge mínima histórica


postado em 04/08/2011 15:49

Apenas 26% dos chilenos aprovam o trabalho de seu presidente, Sebastián Piñera, revela a mais recente edição de uma pesquisa mensal de popularidade. Trata-se de uma nova mínima na popularidade de Piñera e do mais baixo nível já registrado por um presidente no Chile desde a redemocratização do país, duas décadas atrás. A sondagem do Centro de Estudos Públicos mostra que a desaprovação do trabalho alcança 53%.

A popularidade de Piñera caiu 20 pontos porcentuais em relação aos meses de novembro e dezembro do ano passado, quando sua imagem era beneficiada pelo êxito do resgate de 33 mineiros que passaram meses presos em uma mina de ouro e cobre no norte do Chile.

O Centro de Estudos Públicos entrevistou 1.554 pessoas em todo o Chile. A margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi realizada entre o fim de junho e o fim de julho, em meio a uma mobilização estudantil por melhores condições no sistema de ensino do país.


Publicidade