Publicidade

Estado de Minas

Palestinos revistam casa de dirigente acusado de subversão


postado em 28/07/2011 10:28

Os serviços de segurança palestinos revistaram nesta quinta-feira a residência de Mohamed Dahlan, ex-chefe desses serviços em Ramallah, na Cisjordânia, acusado de subversão contra o presidente palestino Mahmud Abbas.

Um tribunal palestino rejeitou na quarta-feira a apelação apresentqda por Dahlan, também acusado de corrupção e homicídios, depois de sua exclusão do movimento Fatah de Abbas. Dahlan foi excluído do Fatah em meados de junho.

Em abril passado, a embaixada palestina na Argélia denunciou uma tentativa de assassinato do embaixador Hocin Abdeljalek por três homens armados e acusou Dahlan de ser o instigador.

O comitê central do Fatah anunciou em dezembro que suspenderia Dahlan dessa instância por "subversão contra o presidente Abbas e os membros do comitê central".

O coronel Dahlan, considerado um "protegido" dos Estados Unidos, caiu em desgraça depois da humilhante derrota de suas forças ante os combatentes islamitas do Hamas, em junho de 2007, em Gaza.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade