Publicidade

Estado de Minas

Mais de 100 feridos em protestos no Senegal


postado em 24/06/2011 09:42 / atualizado em 24/06/2011 09:43

(foto: AFP PHOTO / MOUSSA SOW )
(foto: AFP PHOTO / MOUSSA SOW )

Cento e duas pessoas ficaram feridas na quinta-feira em Dacar nos confrontos entre forças de segurança e manifestantes contrários a um projeto de reforma constitucional para eleger em 2012 o presidente e o vice-presidente do país, de maneira simultânea, com apenas 25% dos votos. "Registramos 102 feridos, entre eles 13 policiais, durante a quinta-feira. Com exceção de dois manifestantes que receberam tidos, os outros são feridos leves", declarou à AFP um policial.

O presidente senegalês, Abdulaye Wade, renunciou a seu polêmico projeto de reforma constitucional que incluía a eleição do chefe de Estado com apenas 25% dos votos, em consequência da violência. O ministro da Justiça, Sheikh Tidiane Sy, anunciou a retirada da polêmica aos deputados, pouco depois da abertura da sessão plenária sobre o projeto de lei.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade