UAI
Publicidade

Estado de Minas Irmã de primeira-dama

Carro na contramão atinge e mata motorista de aplicativo no Sul de Minas

Vítima, de 50 anos, era irmã da primeira-dama de Pouso Alegre. Motorista que causou o acidente se negou a fazer o teste do bafômetro


16/01/2022 22:03 - atualizado 16/01/2022 22:21

Civic invadiu contramão
Vítima estava em HB20 atingido por Civic que invadiu contramão (foto: Corpo de Bombeiros)
Uma motorista de aplicativo morreu, nesse sábado (15/01), após ter o carro atingido por outro veículo que invadiu a contramão de uma avenida de Pouso Alegre, no Sul de Minas.

Simone Aparecida Faria, de 50 anos, foi socorrida com vida e morreu depois de dar entrada ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio.

A mulher trabalhava como motorista de aplicativo e voltava de uma corrida. Ela também era técnica de enfermagem. De acordo com os bombeiros, que socorreram a motorista, Simone sofreu múltiplas fraturas.

O motorista que provocou o acidente teve fratura nas pernas. Ele foi socorrido consciente. O homem, de 33 anos, se negou a fazer o teste do bafômetro. Testemunhas disseram à Polícia Militar que ele teria saído de uma partida de futebol em uma quadra da cidade.

Ainda segundo a PM, o homem não apresentava sinais visíveis de embriaguez. Ele foi autuado pela recusa de soprar o equipamento, além do acidente de trânsito.

O acidente


O acidente foi na tarde desse sábado. O carro subia a avenida 'Dique 2', sentido bairro, quando atravessou o canteiro central e invadiu a pista contrária.

A motorista de aplicativo descia no sentido Centro, quando teve o veículo atingido de frente. Em ambos os carros, estavam apenas os motoristas. O homem sofreu fratura nas pernas e ficou preso às ferragens, sendo retirado pelos bombeiros.

Irmã da primeira-dama

Simone tinha cinco irmãos, entre eles a primeira-dama de Pouso Alegre, Ana Simões. O corpo dela foi enterrado no final da manhã deste domingo (16/01).

Até a publicação desta matéria, não havia mais informações sobre o quadro de saúde do outro motorista.

O acidente será investigado pela Polícia Civil. A perícia esteve no local da batida ainda na tarde de sábado.
Simone Aparecida
Simone Aparecida tinha 50 anos e trabalhava como motorista de app (foto: reprodução Facebook)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade