UAI
Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Sete Lagoas não tem paciente da cidade internado em UTI COVID

O fato ocorre pela primeira vez, desde o início da pandemia; três pacientes que estão sob cuidados na cidade são de Abaeté e Baldim


13/10/2021 19:23 - atualizado 13/10/2021 19:42

Leitos de UTI vazios
A taxa de ocupação de leitos UTI COVID é a menor desde o início da pandemia. (foto: Prefeitura de Sete Lagoas)
A Prefeitura de Sete Lagoas, Região Central do estado, anunciou na tarde desta quarta-feira (13/10) que, pela primeira vez desde o início da pandemia, não há nenhum paciente do município internado nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) COVID da cidade.
 
De acordo com o boletim epidemiológico, havia três pacientes em UTI e quatro em enfermaria. Entre os internados na UTI, dois são de Abaeté, também na Região Central e um é de Baldim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
 
A taxa de ocupação de leitos UTI COVID, tanto SUS quanto particular, também é a menor desde o início da pandemia, em 10%. Considerando apenas os leitos do SUS, esse índice também segue em queda e está em 15%.
 
"Hoje, no Hospital Municipal, só temos três pacientes internados em UTI e nenhum deles é de Sete Lagoas. Queria agradecer a todas aquelas pessoas que souberam compreender as atitudes que tomamos lá atrás, às vezes severas, mas necessárias naquele momento. Com o avanço da vacinação temos o prazer de dar essa boa notícia: zero pacientes de Sete Lagoas internados em UTI", frisou o prefeito Duílio de Castro (Patriota).
 
Pelas redes sociais, o prefeito também agradeceu aos profissionais de saúde e às equipes e aos voluntários da vacinação.
 
Ainda de acordo com a prefeitura, o município contabilizou 23.480 contaminações por COVID-19, com a confirmação de 23 novos casos nos últimos cinco dias. A cidade segue com 611 óbitos.
 
 
Dose de reforço para idosos a partir de 78 anos
 
Nesta quinta-feira (14/10), Sete Lagoas vai vacinar com a 3ª dose os idosos a partir de 78 anos de idade, que já tenham completado o prazo de seis meses da última dose.
 
A vacinação vai ocorre das 09h às 16h, em dois locais:
 
·         Sesc - entrada pela R. Professor Abeylard (a pé);
·         Faculdade Ciências da Vida - Av. Perimetral, 12.632, Indústrias (drive-thru).
 
Para se vacinar é necessário apresentar um documento com foto, comprovante de 2ª dose ou dose única, cartão do SUS ou CPF.
 
 
Segunda dose
 
Já na sexta-feira (15/10) será aplicada a 2ª dose da AstraZeneca para quem tomou a 1ª dose ate%u0301 15 de julho, das 9h a%u0300s 16h.
 
A vacinação vai ocorrer nos Centros de Sau%u0301de dos bairros Manoa, Sa%u0303o Joa%u0303o, Progresso, Montreal, Va%u0301rzea, Santo Anto%u0302nio e Santa Luzia; nas Unidades Básica de Saúde (UBS) dos bairros Cidade de Deus, Luxemburgo e Belo Vale; e nas Estratégias Saúde da Família (ESF) dos bairros Catarina, CDI I, Itapua%u0303 II, Esperanc%u0327a, Fazenda Velha, Eldorado e Alvorada.
 
Também terá a 2ª dose da Pfizer, exclusiva para industriários que tomaram a 1ª dose até 16 de julho.  O horário será das 9h às 18h, na ACI Sete Lagoas (Rua Nicola Lanza, 140, Centro).
 
Para se vacinar será necessário apresentar uma identidade com foto, comprovante da 1ª dose (AstraZeneca ou Pfizer), cartão SUS ou CPF.
 
 
Vacinação no município
 
Até esta quarta-feira (13/10), de acordo com a prefeitura, receberam a 1ª dose 174.741 pessoas. Já a 2ª dose foi aplicada em 96.114 cidadãos, a dose única em 5.814 e a 3ª dose em 1.824 pessoas.
 
Durante a vacinação, os cidadãos podem doar 1Kg de alimento não perecível ou ração animal na campanha Vacinação Solidária.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade