Publicidade

Estado de Minas ACIDENTE

Homem é soterrado no subsolo do Hotel Ouro Minas, Região Nordeste de BH

Ele foi resgatado com vida e sem lesões aparentes; acidente aconteceu enquanto o homem realizava manutenções nos pilares do local


03/08/2021 15:31 - atualizado 03/08/2021 20:18

Acidente aconteceu no subsolo do hotel(foto: Reprodução/ Google Street View)
Acidente aconteceu no subsolo do hotel (foto: Reprodução/ Google Street View)
Um funcionário de uma empresa de engenharia, de 45 anos, foi parcialmente soterrado no subsolo do Ouro Minas Palace Hotel, Região Nordeste de Belo Horizonte, na tarde desta terça-feira (3/8). Segundo o Corpo de Bombeiros, ele estava trabalhando na obra de revitalização dos pilares do hotel, quando houve o acidente.  
 
De acordo com o tenente Arthur Ferreira do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros, o resgate durou mais de três horas. “Tivemos um tempo de atuação bem delongado. Foram mais de três horas no total. Considerando que é um local muito estreito, a gente precisou fazer todo o escoramento da valeta para poder trabalhar com segurança e a vítima estar segura também. Demoramos muito por causa disso”.
 
Escora de madeira feita para o resgate (foto: Divulgação/ CBMMG)
Escora de madeira feita para o resgate (foto: Divulgação/ CBMMG)
Os militares precisaram produzir uma escora com painéis de madeira manualmente, para realizar o resgate. “Tivemos que produzir a escora com painéis de madeira, manualmente. Depois começamos o trabalho de escalação para retirar essa vítima e, após 3h30, conseguimos concluir”, afirma o tenente.
 
Homem foi resgatado com vida e sem lesões aparentes (foto: Divulgação/ CBMMG)
Homem foi resgatado com vida e sem lesões aparentes (foto: Divulgação/ CBMMG)
O homem foi soterrado até a cintura e ficou entre o pilar e a terra, que segundo os bombeiros, era muito compacta, se assemelhando à argila. Apesar disso, ele foi resgatado sem lesões aparentes e encaminhado para o Hospital João XXIII.
 
Quatro viaturas do Corpo de Bombeiros, duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e 16 militares foram mobilizados para esta ocorrência. 

A Defesa Civil foi acionada para verificar a situação da obra após o acidente.
 
Segundo a assessoria do hotel, a onbra resalizada era de manuntenção, que para isso, uma empresa especializada foi contratada.


* Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade