Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Betim volta a vacinar gestantes e puérperas contra a COVID-19 neste sábado

Mutirão, com três postos de vacinação, deve imunizar cerca de 3.500 mulheres neste sábado (19/6). Pontos de vacinação estão divididos por idade da gestante


19/06/2021 11:50 - atualizado 19/06/2021 12:09

As grávidas e puérperas estão sendo vacinadas com a vacina da Pfizer, autorizada pela Anvisa para aplicação nesse público (foto: Camila Chagas/Divulgação)
As grávidas e puérperas estão sendo vacinadas com a vacina da Pfizer, autorizada pela Anvisa para aplicação nesse público (foto: Camila Chagas/Divulgação)
Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), retomou, neste sábado (19/6), a vacinação em gestantes e puérperas, mulheres em pós-parto de até 45 dias, sem comorbidades. Elas serão imunizadas com a vacina da empresa farmacêutica Pfizer, que foi autorizada pelo Ministério da Saúde para o grupo por meio da Deliberação 3440, de 14 de junho.
 
A estimativa da prefeitura é que cerca de 3.500 mulheres sejam imunizadas em mutirão que contará com três postos de vacinação, divididos conforme a idade e abertos das 9h às 17h.
 
Gestantes e puérperas de 18 a 24 anos devem se dirigir ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest). As de 25 a 30 anos serão vacinadas no Betim Shopping. E as de 31 anos ou mais, no Centro Administrativo da prefeitura.
 
No ato da vacinação, as gestantes devem apresentar documento de identidade e a caderneta da gestante ou cartão de pré-natal. Já as puérperas devem comprovar a data do parto (que deve ser de até 45 dias), apresentando a caderneta da gestante; cartão de pré-natal; relatório de alta hospitalar do parto; a certidão de nascimento ou de óbito da criança.
 
Também será retomada a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades. A imunização desse grupo ocorre a partir da próxima segunda-feira (21/6), no Centro de Especialidades Divino Ferreira Braga.
 
Para receber a vacina elas devem apresentar um relatório médico que prescreva e ateste a avaliação do risco benefício da imunização. No SUS-Betim, cerca de 300 mulheres fazem o pré-natal de alto risco e devem ser vacinadas.
 
Em 11 de Maio a prefeitura havia suspendido a vacinação desse público porque a Anvisa havia recomendado a suspensão imediata do uso da vacina da AstraZeneca/Fiocruz em gestantes. Na época, a prefeitura já havia vacinado aproximadamente 200 grávidas, mas nenhuma delas apresentou reações adversas.
 
Vacinação de gestantes e puérperas
 
Sábado (19/6) - das 9h às 17h
Locais:
- De 18 a 24 anos - Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) - rua Tocantins, número 301, Brasiléia
- De 25 a 30 anos Betim Shopping - avenida Edmeia Mattos Lazzaroti, 1.655, bairro Ingá
- De 31 anos ou mais Centro Administrativo da Prefeitura - rua Pará de Minas, 640, Brasiléia


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade