Publicidade

Estado de Minas JACAREZIHNO

Manifestantes em BH protestam contra violência policial no Rio

Ato reuniu cerca de 50 pessoas na Praça Sete, no Centro da cidade


08/05/2021 18:00 - atualizado 08/05/2021 18:08

Ato na Praça Sete, em BH, reuniu cerca de 50 pessoas na tarde deste sábado (8/5)(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Ato na Praça Sete, em BH, reuniu cerca de 50 pessoas na tarde deste sábado (8/5) (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Na véspera do Dia das Mães, um ato em memória das vítimas da comunidade do Jacarezinho, no Rio de Janeiro (RJ), e de solidariedade a suas famílias. Na tarde deste sábado (8/5), na Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte, houve manifestação de repúdio à operação policial que resultou na morte de 29 pessoas na capital fluminense. O ato começou às 17h e reuniu cerca de 50 pessoas.

Em nota, os manifestantes mineiros se mostraram revoltados com a operação "considerada a mais letal da história do estado do Rio de Janeiro e sobre a qual há denúncias de execuções, torturas e invasão de casas".

A convocação para o ato partiu de movimentos sociais e partidos políticos sob o
mote “estamos indignados”.

Os manifestantes denunciam a ilegalidade da ação policial, "uma vez que estavam proibidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), desde junho de 2020, enquanto durar a pandemia de COVID-19." E citaram que, além de o Ministério Público do Rio de Janeiro apurar as denúncias de abuso policial, a Organização das Nações Unidas (ONU), por meio da sua representação de direitos humanos, convocou investigação independente seguindo padrões internacionais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade