Publicidade

Estado de Minas RODOANEL

Zema sobre novo acidente no Anel: 'Isso vai mudar'

Com a indenização da Vale pela tragédia em Brumadinho, o governo de Minas dará início à construção do Rodoanel


05/02/2021 18:31 - atualizado 05/02/2021 21:03

Acidente no Anel Rodoviário deixou feriados na manhã desta sexta-feira (05/02) (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Acidente no Anel Rodoviário deixou feriados na manhã desta sexta-feira (05/02) (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Após o grave acidente no Anel Rodoviário, em Belo Horizonte, na manhã desta sexta-feira (05/02), o governador Romeu Zema usou seu perfil em uma rede social para dizer que esse tipo de situação ‘vai mudar’.
 

 
Nessa quinta (04/02) o governo de Minas fechou um acordo de R$ 37,68 bilhões com a mineradora Vale, em compensação pela tragédia em Brumadinho, ocorrida em janeiro de 2019, e parte desse valor será usado para o início das obras do Rodoanel. 
 
Inicialmente, a ideia do projeto é ter nove quilômetros passando em Brumadinho, 18km por Betim e 20km pelos municípios atingidos pela lama da barragem.
 
Zema já havia falado que a construção do Rodoanel beneficiaria a economia do estado, já que o principal polo industrial de Minas é a RMBH e atualmente sofre com a logística, que será resolvida com a construção da via. Além desse benefício, na publicação ele afirma que cerca de 1 mil acidentes poderão ser reduzidos. 
 

 
A intenção é, também, ampliar a malha viária do estado e diminuir o trânsito de caminhões no anel viário, o que, consequentemente, irá reduzir o número de acidentes causados no local. 
 
 
 
*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade