Publicidade

Estado de Minas SUPERLOTADA

COVID-19: com superlotação, Santa Casa de Passos amplia leitos de UTI

Hospital tinha 30 leitos disponíveis para pacientes com o novo coronavírus, mas, após aumento de casos, abriu mais quatro alas para atender aos infectados


19/01/2021 11:48 - atualizado 19/01/2021 12:15

Santa Casa de Passos está superlotada e precisou abrir novos leitos de UTI(foto: Ascom/divulgação)
Santa Casa de Passos está superlotada e precisou abrir novos leitos de UTI (foto: Ascom/divulgação)
A Santa Casa de Passos, no Sudoeste de Minas, ultrapassou o limite da ocupação da Unidade de terapia Intensiva (UTI) COVID-19 e precisou adaptar novos leitos para atender pacientes infectados. Mesmo com novos leitos, o hospital atinge 113% da capacidade.

 

Passos segue com 2621 casos confirmados de COVID-19 e 41 mortes registradas. Nos último dez dias, a cidade sofreu um aumento de 420 registros e seis óbitos. De acordo com o último boletim divulgado pelo município, a Santa Casa disponibilizava 30 leitos exclusivos de UTI para pacientes com o novo coronavírus, sendo que 34 estão ocupados. 

 

Santa Casa de Passos atinge 113% da capacidade de UTI COVID-19(foto: Ascom/divulgação)
Santa Casa de Passos atinge 113% da capacidade de UTI COVID-19 (foto: Ascom/divulgação)
“Até os últimos meses, não foram necessários à utilização total dos leitos tanto de UTI como clínicos, diminuindo assim a oferta da Secretaria de Estado de Saúde. Diante do cenário que temos nos deparado nas últimas semanas, com o aumento da incidência do vírus, foi realizado um replanejamento visando adequar o número de leitos segundo a taxa de contaminação da doença”, completa.

 

Na ala da enfermaria, o hospital possui 45 leitos e 21 estão ocupados, atingindo 47% do limite. Ao todo, são 55 pacientes infectados pelo novo coronavírus internados na Santa Casa de Passos. “Em virtude do extrapolamento do número de leitos de UTI pactuados com a Secretaria de Estado de Saúde, disponibilizou leitos em caráter de urgência, que não estavam sendo usados”, diz.

 

A Santa Casa de Passos é referência regional na urgência e emergência, em oncologia e maternidade, e todas estas linhas de cuidado demandam leitos de UTI.

“Fato este que não nos possibilita direcionar todos os leitos existentes somente para assistência a pacientes em tratamento contra a COVID-19, o que traria um enorme transtorno para toda a população. Para disponibilizar novos leitos de terapia intensiva, são necessários estrutura física, equipamentos, insumos farmacêuticos e recursos humanos, com equipe multiprofissional, que estão extremamente escassos neste momento”, explica.

 

A diretoria da Santa Casa ressaltou a importância do apoio da população. “Reafirmamos o nosso compromisso de estar diariamente acompanhando o desenvolvimento desta doença e medidas e adequações poderão ser adotadas dentro das possibilidades e recursos existentes”.

 

Combate

 

O último decreto foi publicado no dia 14 de janeiro e tem validade até a próxima quinta-feira (21/1). A prefeitura proíbe festas e aglomerações na cidade. Bares e restaurantes podem atender o publico até as 18h, depois deste horário, o serviço fica restrito para delivery.

 

"Estamos em reunião e a administração nmunicipal decidiu que Passos regride para onda vermelha do Programa Minas Consciente e nesta quarto-feira (20/1) deve sair um novo decreto", afirma assessoria de imprensa da prefeitura. 

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade