Publicidade

Estado de Minas ALTO PARANAÍBA

Caminhoneiro mata adolescente atropelada e foge em Minas

De acordo com a Polícia Militar, vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao traumatismo craniano sofrido


10/01/2021 17:16 - atualizado 10/01/2021 17:58

Local aproximado de onde caminheiro atropelou adolescente em São Gotardo(foto: Reprodução/Google Street View)
Local aproximado de onde caminheiro atropelou adolescente em São Gotardo (foto: Reprodução/Google Street View)

 

Uma adolescente de 16 anos morreu ao ser atropelada por um caminhão branco na MG-235, em São Gotardo, na região mineira do Alto Paranaíba. O fato ocorreu na madrugada deste domingo (10/01), por volta das 2h.

 

De acordo com a Polícia Militar, o atropelamento foi nas proximidades do parque de exposições de São Gotardo. O motorista do caminhão fugiu após a ocorrência, em direção à BR-354.

 

Uma ambulância chegou a socorrer a adolescente ao Hospital de Pronto-Socorro de São Gotardo. Porém, ela deu entrada na unidade já sem vida. Ela sofreu um traumatismo craniano.

 

Diante da fuga do motorista, a polícia acionou as unidades vizinhas para procurar pelo caminhão avistado pelas testemunhas. Ele foi encontrado em Ibiá, ainda em Minas Gerais, no Alto Paranaíba.

 

O homem de 42 anos que dirigia o veículo negou as informações inicialmente. Ele disse que vinha de Campos Altos, ainda naquela regional do estado.

 

Porém, ao ser pressionado pelos militares, ele confessou o crime. Ele passou pelo teste do bafômetro e, segundo a polícia, o exame deu positivo para o consumo de álcool.

 

A polícia apreendeu o veículo de carga e o encaminhou ao pátio de apreensões em Araxá. O motorista teve sua carteira de habilitação apreendida e foi preso por homicídio culposo, evasão do local do acidente e embriaguez ao volante.

 

Os militares encaminharam o homem à delegacia de Patos de Minas. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade