Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO

Dois suspeitos de estupro de crianças são presos no interior de Minas

Um homem de 50 anos foi preso em Bambuí, no Centro-Oeste, e um de 33, em Mateus Leme, na Grande BH


05/11/2020 18:32 - atualizado 06/11/2020 07:33

Quantidade de vítimas assusta moradores de Mateus Leme(foto: Prefeitura de Mateus Leme)
Quantidade de vítimas assusta moradores de Mateus Leme (foto: Prefeitura de Mateus Leme)
Dois suspeitos de estupro de vulneráveis foram presos nesta quinta-feira (5), em Bambuí, no Centro-Oeste de Minas, e Mateus Leme, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A primeira prisão ocorreu em Bambuí, onde foi cumprido um mandado de prisão contra um homem de 50 anos, suspeito de estuprar uma menina de 7
 
Segundo o delegado Patrick Carvalho, as investigações começaram a partir de uma denúncia feita pela mãe da vítima. Em seu depoimento, a criança relatou os abusos cometidos pelo suspeito, que era namorado da mãe. “Durante o cumprimento do mandado, o investigado foi preso em sua residência. Questionado sobre os fatos, ele negou as acusações.”

O suspeito foi encaminhado ao Sistema Prisional, onde se encontra à disposição da Justiça. A polícia busca mais vítimas.

Em Mateus Leme, outro mandado de prisão foi cumprido, junto a um de busca e apreensão, que teve como alvo um homem de 33 anos, suspeito de envolvimento no estupro de crianças. Na casa do suspeito, foram apreendidos materiais relacionados a jogos infantis, computadores e celulares.

As investigações apontaram que o suspeito convidava as crianças, moradoras de casas vizinhas à dele, para jogos de computador e para comer guloseimas. Ele se aproveitava para cometer atos libidinosos contra as vítimas, todas menores de 12 anos.

A delegada Lígia Barbieri Mantovani informa que o suspeito não tinha passagem pela polícia. Segundo ela, várias vítimas foram ouvidas e todas descreveram o mesmo modo de agir do suspeito.

Segundo a delegada, a Polícia Civil orienta que as famílias fiquem atentas às mudanças de comportamento nas crianças e denunciem qualquer suspeita de crime.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade