Publicidade

Estado de Minas ALÉM DA FRONTEIRA

Polícia do Espírito Santo prende suspeitos de homicídio em Uberlândia

Segundo informações, dupla detida tinha ido ao Triângulo cobrar uma dívida de drogas


21/10/2020 19:35 - atualizado 21/10/2020 20:30

Os dois homens teriam viajado ao Triângulo Mineiro para cobrar uma dívida(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Os dois homens teriam viajado ao Triângulo Mineiro para cobrar uma dívida (foto: Polícia Civil/Divulgação)
prisão de dois homens, ambos capixabas, pela polícia do Espírito Santo, na cidade de Viana, por porte ilegal de arma de fogo, posse de artefatos e explosivos e uso de documento falso, pode levar ao esclarecimento do assassinato de um comerciante, Bruno Sales Oliveira, de 30 anos, domingo último, em Uberlândia.

Segundo a polícia do ES, os dois homens teriam viajado ao Triângulo Mineiro para cobrar uma dívida referente ao tráfico de drogas. O devedor seria o comerciante.
 
Durante as investigações, os policiais capixabas receberam a informação sobre a viagem da dupla, e de que eles teriam dito a alguns conhecidos que iriam receber o dinheiro que lhes era devido ou matariam o devedor.
 
A vítima estava no supermercado da família, no Bairro São Jorge, em Uberlândia, que tinha sido inaugurado naquele dia, quando, por volta das 19h de domingo, dois homens chegaram e efetuaram 10 disparos contra o comerciante. Um idoso, de 73 anos, que estava no interior do estabelecimento, também foi atingido por duas balas perdidas.
 
Segundo a delegada Thays Regina Silva, responsável pelo inquérito policial do homicídio, equipes da PCMG e da Polícia Federal no Espírito Santo trabalharam em cooperação para descobrir a identidade de um dos presos, uma vez que os documentos apresentados por ele eram falsos.
 
O caso, segundo a delegada, ainda precisa de maiores investigações. Levantamentos iniciais apontam para uma execução relacionada com o transporte de um carregamento de drogas, que estaria sob a responsabilidade da vítima. “Vamos continuar a investigação para saber se, realmente, isso será confirmado”, diz ela. Uma equipe da Delegacia de Uberlândia seguirá para Viana (ES), para colher o depoimento dos suspeitos. Com eles teriam sido apreendidos objetos que teriam sido roubados em Uberlândia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade