Publicidade

Estado de Minas

Mulher morre após esfaquear os filhos de 9 e 18 anos na Grande BH

Crime ocorreu na noite dessa terça-feira no Bairro Durval de Barros. Vítimas foram levadas para hospital em Contagem


30/09/2020 07:34 - atualizado 30/09/2020 11:50

Filhos da mulher foram socorridos no Hospital Municipal de Contagem(foto: Divulgação/Câmara Municipal de Contagem)
Filhos da mulher foram socorridos no Hospital Municipal de Contagem (foto: Divulgação/Câmara Municipal de Contagem)


Uma tragédia em família marcou a noite dessa terça-feira no Bairro Durval de Barros, no limite entre Contagem e Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), uma mulher de 37 anos tirou a própria vida após esfaquear os filhos, que foram hospitalizados. 

A PM foi chamada por volta das 20h. O pai da mulher disse que ela fazia tratamento para depressão e tomava remédios controlados. Ela estava agitada e dizendo que queria se matar. Na manhã de ontem, segundo ele, a mulher estava mais nervosa que o normal porque o filho dela, de 18 anos, havia chutado o cachorro de estimação da família. O rapaz, segundo ele, é surdo, mudo e também usa medicação controlada. 

Por volta das 19h30, ele estava dentro de casa quando ouviu um barulho no quarto da filha. Ao chegar lá, ele viu a neta, de 9 anos, sair correndo com dois cortes profundos no braço e pedindo socorro. O filho do idoso – irmão da mulher – também foi até o cômodo. Lá dentro, eles viram que a mulher e o filho estavam sangrando e ela segurava uma faca. O irmão dela conseguiu tomar o objeto e eles a deitaram na cama para tentar socorrê-la. Os familiares chamaram a PM e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). 

Quando a PM chegou ao local, a mulher ainda estava no quarto com um ferimento no abdômen. Com a ajuda dos parentes, os policiais saíram com ela da casa e a levaram até outra equipe do Samu, mas eles não conseguiram reanima-la e o óbito foi confirmado.  

A criança e o adolescente foram levados ao Hospital Municipal de Contagem. De acordo com a PM, a menina contou que a mãe estava muito agressiva ontem e dizendo que ela e o irmão não eram seus filhos. Durante o dia, ela deu comprimidos para os dois dormirem. Ao acordar, ela viu a mãe na cozinha e que, depois disso, foi esfaqueada por ela. Depois disso, segundo a menina, a mãe entrou no quarto do outro jovem e deu uma facada em uma das pernas dele. 

A perícia da Polícia Civil recolheu o objeto usado no crime. O corpo da mulher foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). A ocorrência foi registrada pela PM como lesão corporal seguida de suicídio. O caso foi encaminhado à 4ª Delegacia de Polícia de Contagem. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade