Publicidade

Estado de Minas SÃO JUDAS

Santuário Arquidiocesano de São Judas Tadeu tem programação presencial neste dia 28

Missas foram celebradas com número máximo de 100 fiéis; devotos fizeram um agendamento prévio para participarem das celebrações


28/09/2020 11:05 - atualizado 28/09/2020 11:58

(foto: Edesio Ferreira/E.M/D.A Press.)
(foto: Edesio Ferreira/E.M/D.A Press.)
Para os devotos de São Judas Tadeu todo dia 28 é especial. Com a pandemia, as comemorações e homenagens presenciais ao padroeiro das causas impossíveis tiveram de ser suspensas. O retorno veio nesta segunda-feira (28), seguindo normas como uso de máscaras e distanciamento social.

Ao contrário dos anos anteriores, quando milhares de fiéis se reuniram mensalmente no Santuário Arquidiocesano que leva o nome do santo, localizado no Bairro da Graça, na Região Nordeste, neste ano apenas 100 pessoas podem assistir a novena permanente em honra a São Judas Tadeu por vez. A medida tem o intuito de diminuir a aglomeração de católicos no templo e evitar a disseminação do novo coronavírus

(foto: Edesio Ferreira/E.M/D.A Press.)
(foto: Edesio Ferreira/E.M/D.A Press.)
Para participarem da celebração os fiéis precisaram realizar um agendamento prévio por telefone. As missas no santuário tiveram início às 6h, com previsão de seguirem ao longo do dia, de duas em duas horas até as 22h. Seis delas com transmissão pelas redes sociais.

Padre Nivaldo Ferreira, reitor do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu, contou a reportagem do Estado de Minas como foram os preparativos para receber os fiéis com segurança. Segundo o pároco, foram seguidas as orientações das autoridades sanitárias e da arquidiocese de Belo Horizonte para que a celebração ocorresse nos mesmo horários habituais, mas com agendamento, aferição de temperatura, proibição da entrada sem uso de máscaras, demarcação dos bancos, higienização de sapatos e disponibilização de álcool gel. 

“As pessoas estão vindo com calma, tem presença mas é um ritmo próprio de retomada. Estamos surpresos e agradecidos com essa fidelidade da fé e com todos os cuidados que os peregrinos estão tendo”, afirmou.

Antes da pandemia, cerca de 20 mil pessoas circulavam pelo local nos dias 28 de cada mês. Neste ano, com a adoção das medidas para conter aglomerações, o cenário foi diferente. Padre Nivaldo conta que pela manhã, todos os peregrinos que chegaram ao santuário puderam assistir às celebrações dentro do templo. “Algumas pessoas agendam e não vem e outras acabam vindo mesmo sem agendar, mas até agora tem sido extremamente confortável”, disse.

Ele conta que a experiência será como um teste para as adaptações para as comemorações do dia do santo no próximo dia 28 de outubro. “A pandemia não acabou, é preciso que as pessoas voltem ao santuário, mas com toda segurança e com os agendamentos”, reforçou.

Segundo a assessoria do Santuário Arquidiocesano de São Judas Tadeu, ainda é possível realizar o agendamento para algumas das missas, mas o horário de 18h já atingiu o limite de fiéis.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade