Publicidade

Estado de Minas

Dupla suspeita de matar homem e provocar acidente para 'disfarçar o crime' é presa em MG

Crime aconteceu no dia 7 de julho e motivação seria vingança por motivo passional


12/09/2020 15:29 - atualizado 12/09/2020 15:56

O objetivo era ocultar o cadáver e eliminar as provas(foto: Polícia Civil/Divulgação)
O objetivo era ocultar o cadáver e eliminar as provas (foto: Polícia Civil/Divulgação)
Um crime difícil de ser apurado, arquitetado como uma farsa, a simulação de um acidente automobilístico, para despistar e camuflar provas, em Ubá, no último dia 7 de julho, foi desvendado pela Polícia Civil de Juiz de Fora, com a prisão de dois suspeitos, dois homens, um de 23 anos, e outro de 51. A vítima, um homem de 58 anos, foi morta a golpes de barra de ferro.

O homicídio ocorreu no Bairro Chiquito. A vítima foi levada pelo homem de 23 anos, em seu carro, para um ponto isolado do Bairro San Rafael II. Ao chegar ao local, encontraram outro homem, de 51 anos, que tinha nas mãos uma barra de ferro. A vítima foi colocada para fora do veículo, e agredida com golpes na cabeça.

Segundo a equipe de Inteligência da 2ª Delegacia Regional de Ubá e da equipe da Delegacia de Homicídios, que trabalharam juntos no caso, logo depois do assassinato, os dois autores colocaram o corpo dentro do veículo, se deslocando para o Bairro Chiquito Gonzaga.

Lá, simularam um acidente, jogando o carro para fora da estrada, e, em seguida, atearam fogo no mesmo. O objetivo era ocultar o cadáver e eliminar as provas.

Um detalhe, no entanto, deu condição de levantar a suspeita de homicídio. O veículo não desceu a ribanceira, ficando preso no meio fio da calçada.

Impressões digitais foram encontradas no veículo e os policiais conseguiram identificar os dois suspeitos. O crime teria ocorrido por motivos passionais. A vítima teria se envolvido com a mulher de um dos autores, o de 23 anos, que para vingar-se, conseguiu ajuda do homem de 51 anos.

A prisão dos suspeitos ocorreu em Juiz de Fora. Os dois presos foram encaminhados para a Delegacia de Ubá, onde estão detidos. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade