Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Irmão da bebê que morreu vítima de COVID-19 também testa positivo

O teste rápido na criança de 2 anos foi feito na Santa Casa de Campo Belo; prefeitura ainda aguarda o resultado do exame de RT-PCR da bebê para contabilizar os dados


29/08/2020 11:08 - atualizado 29/08/2020 12:14

Testes rápidos foram feitos na Santa Casa de Campo Belo (foto: Reprodução/Youtube)
Testes rápidos foram feitos na Santa Casa de Campo Belo (foto: Reprodução/Youtube)
A mãe da bebê de apenas 3 meses, que morreu vítima de COVID-19, em Campo Belo, no Sul de Minas, confirmou, por telefone, que o outro filho, de 2 anos, também testou positivo para o novo coronavírus. Segundo a família, o teste rápido foi feito na Santa Casa da cidade, no fim da tarde dessa sexta-feira (28). O pai, a mãe e os avós testaram negativo para a doença.

 

De acordo com a prefeitura, o resultado do teste rápido do irmão entrou como caso suspeito no boletim municipal. A criança segue internada na enfermaria da Santa Casa.

 

Na manhã dessa sexta-feira (28), a prefeitura divulgou uma nota confirmado a morte da bebê, mas o óbito ainda não foi contabilizado. “O resultado saiu de um teste rápido. A Secretaria de Saúde ainda aguarda o resultado do exame de RT-PCR para atualizar os dados. Até lá, o caso ainda segue em investigação”, afirma assessoria de comunicação.

 

Último boletim divulgado, óbito da bebê de três meses aparece em investigação (foto: Prefeitura de Campo Belo)
Último boletim divulgado, óbito da bebê de três meses aparece em investigação (foto: Prefeitura de Campo Belo)
A família explica que tudo começou na semana passada, quando a bebê passou mal de diarreia. “Nós pagamos uma consulta na maternidade e a médica disse que era alergia a lactose. Quando foi no domingo (23), a diarreia continuou. Retornamos na maternidade. A médica examinou minha filha e disse que o pulmão estava bem. Já na madrugada de quinta-feira (27), ela começou a gemer de dor e dei paracetamol", relata a mãe.

 

"Quando foi de manhã, eu corri com ela para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ela fez a triagem como caso urgente, mas passou uma hora e ninguém tinha chamado ela ainda. Nós decidimos levar para a Santa Casa. Quando ela chegou lá, já foi encaminhada para o Centro de Terapia Intensiva (CTI). Fez exames e viu que o pulmão estava com pus. Fizeram teste rápido e deu positivo para a COVID-19.

 

Em nota, a Santa Casa de Campo Belo informou que assim que a bebê deu entrada na quinta-feira (27) foi constatada a desidratação e a dificuldade para respirar. Com isso, os primeiros procedimentos foram feitos com prontidão. “Com a gravidade do caso, a criança foi cadastrada na central de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) para buscar vaga em CTI pediátrico. Fatalmente, o teste rápido deu positivo para COVID-19 e a tomografia de tórax muito alterada, também fortemente compatível com a doença. A vaga foi disponibilizada no fim da tarde”, diz nota.

 

A mãe da bebê acredita que a demora em conseguir a vaga para transferência pode ter piorado o quadro da filha. “Ela foi atendida na Santa Casa de manhã e a vaga só saiu por volta das 19h. Nós chegamos em Divinópolis as 22h. Lá, ninguém deixou eu ver minha filha. Os médicos falaram que ela morreu as 2h45min da madrugada. Só vi a menina depois que ela estava morta, por volta das 4h”, lamenta mãe da bebê.

 

Ainda na nota da Santa Casa, o hospital lamenta a morte da bebê. “A Santa Casa, com sua equipe de colaboradores, se solidariza com a família neste momento difícil e se mantem a disposição para quaisquer esclarecimentos”, completa.

 

A reportagem do Estado de Minas procurou o Complexo de Saúde São João de Deus, em Divinópolis, no Centro-oeste do Estado, para entender o caso. Em nota, a assessoria de imprensa informou que também aguarda o resultado do exame RT-PCR, que deve sair a partir da próxima segunda-feira (31). A assessoria de imprensa não deu detalhes sobre o atendimento da bebê.

 

Campo Belo segue com 559 casos confirmados do novo coronavírus. Como a prefeitura ainda não incluiu a morte da bebê, o total são 12 óbitos pela doença. 

 

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade