Publicidade

Estado de Minas Interdição

Trânsito será interrompido na ponte do Rio Grande para retirada de carreta

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, há risco de incêndio seguido de explosão do combustível que restou no bitrem que caiu no rio


21/08/2020 14:08 - atualizado 21/08/2020 14:35

Acidente aconteceu na ponte do Rio Grande, próximo do município de Conceição das Alagoas, em Minas(foto: Reprodução/ Internet)
Acidente aconteceu na ponte do Rio Grande, próximo do município de Conceição das Alagoas, em Minas (foto: Reprodução/ Internet)
Está prevista para este sábado (22), a partir das 6h, a retirada da carreta de combustível que caiu no Rio Grande, em Conceição das Alagoas, no Triângulo Mineiro, na divisa entre Minas e São Paulo. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, haverá interrupções no tráfego na Rodovia MG-427 por causa do risco de incêndio seguido de explosão do combustível que restou no compartimento do veículo que caiu da ponte nessa quarta-feira (19).


A polícia informou que o ponto de retirada da carreta será sobre a ponte no Rio Grande e, para isso, o km 40 da MG-427 será bloqueado.

A equipe militar sugere que os motoristas busquem rotas alternativas entre Planura (MG) e Colômbia(SP) pela BR-364, ou entre Delta (MG) e Igarapava (SP), na BR-050

Como foi o acidente


Na madrugada de quarta, um caminhoneiro morreu após perder o controle de um caminhão bitrem – modelo cavalo mecânico Volkswagen 40.300, com placa de Paulínia (SP) – na ponte e cair no Rio Grande.

Dentro do veículo foram encontrados documentos em nome de Geraldo dos Santos Nascimento, de 59 anos. 

A carreta estava carregada de etanol e tinha capacidade total de 70 mil litros. Há indícios que que cerca de 1 mil litros do diesel do tanque do veículo tenha vazado na água. 

Segundo os Bombeiros, a correnteza estava forte e dificultou os trabalhos de resgate. Um dos tanques do bitrem chegou a se soltar e descer cerca de 50 metros em direção ao fundo do rio.

O corpo da vítima foi retirado por pescadores que estavam no local e posteriormente encaminhado para o Instituto Médico Legal da região.

*Estagiário sob supervisão da subeditora Kelen Cristina


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade