Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Dupla invade casa e foge com R$ 50 mil em moedas estrangeiras, celulares e carro de luxo de família

Suspeito de ser informante da dupla foi preso em casa; Homem estava escondido atrás da máquina de lavar roupas; Ele foi ouvido e liberado


15/08/2020 15:33 - atualizado 15/08/2020 16:49

Carro de luxo roubado foi encontrado no cafezal(foto: Polícia Militar)
Carro de luxo roubado foi encontrado no cafezal (foto: Polícia Militar)

Uma casa no bairro Santa Luiza, em Varginha, no Sul de Minas, foi alvo de criminosos na madrugada deste sábado (15). De acordo com a Polícia Militar, a dupla armada invadiu o imóvel e rendeu as vítimas. “A família estava dormindo e assustou com o portão eletrônico sendo acionado. Os criminosos armados ameaçaram e agrediram as vítimas com socos e chutes”, explica tenente Yuri Alexander, que participou da ocorrência.

A dupla tinha conhecimento da rotina da família e sabia da existência de um cofre na casa. “Os criminosos obrigaram uma das vítimas a abrir o cofre. Eles conseguiram R$ 50 mil em moedas estrangeiras”, completa.


Os criminosos ainda levaram três celulares e o carro de luxo da família. “A dupla obrigou as vítimas a virarem para parede. Em seguida, fugiram com o carro da família”, disse.


A PM foi acionada e conseguiu recuperar os celulares através do rastreador dos smartfones. “Os aparelhos estavam em um cafezal sentido Três Pontas, também no Sul de Minas. Uma testemunha que passou no local viu o carro e avisou os militares”, completa tenente.


A família suspeitou de um homem de 30 anos que instalou, recentemente, o portão eletrônico da residência. “A vítima contou que o suspeito codificou o controle remoto do portão eletrônico e também fez alguns reparos no cofre. O homem sabia detalhes da casa”, afirma.


De posse das informações, a PM foi até a casa desse suspeito. A sogra do homem autorizou a entrada dos militares, mas disse que ele não estava no local. “Mesmo assim, a polícia fez rastreamento na casa e encontrou o homem escondido atrás da máquina de lavar roupas”, diz.


Segundo a PM, o suspeito negou o envolvimento. “Primeiro, o homem mentiu o nome e entrou em contradição diversas vezes. Ele teria ajudado a dupla com as informações da casa”, afirma.


Ainda de acordo com a polícia, dentro da viatura o suspeito assumiu que prestou serviços na casa da família, mas que não tinha nenhum envolvimento com o assalto.


Durante o registro do Boletim de Ocorrência, a vítima contou aos policiais que, na manhã de hoje, trocou as fechaduras da casa. “Tal pessoa que fez o serviço disse que o portão estava lubrificado com graxa. Provavelmente para despistar o barulho”, trecho do Boletim de Ocorrência que o Jornal Estado de Minas teve acesso.


O homem foi levado para a Delegacia de Polícia da cidade. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi ouvido e liberado por falta de provas. O caso segue em investigação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade