Publicidade

Estado de Minas TRIÂNGULO MINEIRO

Polícia resgata gerente de banco sequestrado depois de assalto a banco

Mais de R$ 1,1 milhão roubados estava dentro de um carro e foi recuperado


11/08/2020 18:23 - atualizado 11/08/2020 19:03

Ladrões fugiram e levaram o gerente do banco, mas bateram o carro. Polícia apreendeu o dinheiro roubado e libertou o funcionário(foto: Divulgação/ Polícia Militar)
Ladrões fugiram e levaram o gerente do banco, mas bateram o carro. Polícia apreendeu o dinheiro roubado e libertou o funcionário (foto: Divulgação/ Polícia Militar)
Policiais militares de Canápolis, Araporã, Uberlândia e Tupaciguara, em conjunto com a PM de Goiás, cercaram, esta tarde, três ladrões que roubaram a agência do Banco do Brasil de Canápolis, onde roubaram R$ 1,171 milhão e fugiram fazendo refém o gerente da instituição bancária.

O roubo a banco aconteceu no início da tarde, segundo o tenente Naves, da companhia PM de Araporã. Os ladrões invadiram a agência do BB e fizeram o gerente refém, além de fazê-lo de escudo. Em seguida, obrigaram o caixa a recolher todo o dinheiro que havia na agência, colocando a quantia em sacolas.

Em seguida, levaram o gerente para fora e o colocaram no porta-malas, fugindo. A placa do veículo, QQH 0625, e as características, um Volkswagen Voyage, foram anotados e repassados à Polícia Militar de Canápolis, que emitiu um alerta a postos das cidades vizinhas e de Goiás.

Imediatamente, todas as viaturas da PM saíram a campo e se dirigiram para a rodovia MG-153, que dá acesso a Goiás. Próximo a Araporã, segundo o tenente Naves, eles avistaram o Voyage e passaram a persegui-lo.

Ao perceberam a viatura policial, o motorista do Voyage aumentou a velocidade e acabou perdendo o controle do veículo, batendo no meio-fio da estrada. Rapidamente, os ladrões saíram do carro e iniciaram uma fuga, embrenhando num matagal.

Logo, o local ficou cheio de policiais, que cercaram a mata, tanto no lado de Minas Gerais como de Goiás. Ao revistarem o Voyage, os policiais encontraram sacolas com o dinheiro roubado e o gerente no porta-malas, libertando-o.

Os policiais acreditam que conseguirão prender os fugitivos ainda esta noite. Até o fechamento desta matéria, os três estavam cercados no matagal.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade