Publicidade

Estado de Minas GRANDE BH

Polícia recupera respiradores roubados em Ribeirão das Neves

Equipamentos saíram de Serra, no Espírito Santo, com destino a Cuiabá, no Mato Grosso


postado em 13/07/2020 21:04 / atualizado em 13/07/2020 21:33

Equipamentos foram recuperados próximo a Ribeirão das Neves(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Equipamentos foram recuperados próximo a Ribeirão das Neves (foto: Polícia Civil/Divulgação)
Cinco respiradores, que tinham como destino Cuiabá, no Mato Grosso, e haviam sido roubados foram recuperados nessa segunda-feira, pela Polícia Civil de Minas Gerais. O equipamento, avaliado em R$ 250 mil, foi recuperado próximo a Ribeirão das Neves, por policiais da Delegacia Especializada em Investigação e Repressão ao Furto, Roubo e Desvio de Carga, do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri).

O material saiu de Serra, no Espírito Santo no domingo. Na madrugada dessa segunda-feira, por volta de 2h, três carros fecharam o veículo, um carro de passeio que fazia o transporte da carga. Desses veículos, saltaram oito homens, todos armados, que tomaram o motorista como refém. Ele só foi liberado quando os bandidos fugiram no carro da vítima.

Assim que o motorista comunicou-se com a Polícia Civil, os policiais iniciaram a investigação e obtiveram a informação de que os suspeitos, buscando burlar a polícia, descartaram toda a carga em uma estrada vicinal entre Belo Horizonte e Santa Luzia.

Segundo o delegado César Matoso, os criminosos conseguiram fugir. No entanto, os detetives já têm pistas dos veículos utilizados no crime e trabalham na identificação e prisão dos suspeitos. “Estamos, neste momento, no encalço dos criminosos, que ainda estão em posse do veículo da vítima”, diz.

O delegado informa ainda que muito provavelmente os criminosos tinham conhecimento da carga da caminhonete. Eles saberiam, inclusive, que o transporte seria feito num veículo pequeno. “Por se tratar de respiradores, equipamentos que atualmente têm uma grande procura, o valor econômico desse tipo de material no mercado é muito alto. Isso pode ter despertado o interesse deles”, explica o delegado.

Os policiais, ainda segundo César Matoso, fizeram contato com os fabricantes das peças para restituir o material roubado o mais rapidamente possível. “Estamos agindo o mais rápido possível para que esses aparelhos cheguem em segurança a Cuiabá, a fim de que os pacientes acometidos pelo coronavírus possam ser tratados adequadamente”, finalizou.
(foto: Polícia Civil/Divulgação)
(foto: Polícia Civil/Divulgação)
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade