Publicidade

Estado de Minas

Fechado por causa da COVID-19, conjunto da Pampulha terá versão em 3D

Igreja São Francisco de Assis, Casa Kubitschek, Casa do Baile, Museu de Arte da Pampulha e Iate Tênis Clube estarão disponíveis em site para visita virtual


postado em 21/04/2020 17:25 / atualizado em 21/04/2020 17:52

Recém-restaurada, a Igreja São Francisco de Assis, chamada de Igrejinha da Pampulha, poderá ser vista na tela do celular ou do computador (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Recém-restaurada, a Igreja São Francisco de Assis, chamada de Igrejinha da Pampulha, poderá ser vista na tela do celular ou do computador (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)

As pistas no entorno da Lagoa da Pampulha estão cercadas, os equipamentos culturais fechados, e os passeios na área turística, interrompidos temporariamente, devido à pandemia do novo coronavírus. Mas não é a soma desses fatores que vai tirar o prazer de conhecer ou ver de novo o conjunto moderno e paisagem reconhecidos como Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Numa iniciativa para não deixar ninguém de fora, está disponível a visita virtual em 3D de pontos de Belo Horizonte que atraem olhares do mundo.

Para começar, que tal a recém-restaurada Igreja São Francisco de Assis, intimamente chamada de Igrejinha da Pampulha? Iniciativa da Prefeitura de BH, via Belotur, o atrativo estará disponível para visitação on-line, no Portal Belo Horizonte – para fazer o passeio, basta acessar www.portalbelohorizonte.com.br, via celular ou computador.

Quem acessar a página das visitas terá uma experiência de realidade virtual. O modelo une imagens aéreas captadas por drones e fotos 360° feitas em solo, que criam uma visitação interativa com alto grau de imersão e realismo.

Cada atrativo ganhou registros outdoor e indoor. Isso significa que não só os salões, obras e espaços internos poderão ser apreciados, mas também os jardins de Burle Marx, traços arquitetônicos e tudo que compõe a paisagem reconhecida pela Unesco.

Nas próximas semanas, sempre às sextas-feiras, serão disponibilizadas visitas virtuais à Casa Kubitschek, Casa do Baile, Museu de Arte da Pampulha e Iate Tênis Clube.

Desenvolvimento do turismo

Conforme a Belotur, o projeto de tours virtuais desenvolvido pela sua equipe já estava dentro do planejamento da PBH, bem antes da pandemia, como ação que visa o fortalecimento e o desenvolvimento do turismo na região da Pampulha.

Em nota, os assessores explicam que o lançamento "ganha maior importância em um contexto no qual as interações on-line com a cidade se tornam uma nova forma de vivenciá-la".

Neste momento em que muitos estão em casa, para evitar o contágio, as visitas se tornam mais uma opção de lazer para o cidadão e turista. "Portanto, para quem já visitou os atrativos pessoalmente é uma oportunidade de perceber novos detalhes, ângulos e informações, enquanto os que ainda não conhecem têm a chance de descobrir esses espaços e suas histórias”, diz o presidente da Belotur, Gilberto Castro.

A secretária Municipal de Cultura e presidente interina da Fundação Municipal de Cultura/PBH, Fabíola Moulin, mostra seu entusiasmo. “Por meio deste conteúdo, as pessoas terão a chance de conhecer ou revisitar alguns dos espaços culturais e arquitetônicos mais importantes da nossa cidade, responsáveis por posicionar BH como referência na cultura e arquitetura internacional. Esperamos que, pela tela do computador ou celular, a população usufrua e se encante com o conjunto moderno da Pampulha e seu rico patrimônio".


SAIBA MAIS


Conjunto Moderno da Pampulha


Obra-prima que leva a assinatura de Oscar Niemeyer, Roberto Burle Marx e Cândido Portinari, o conjunto moderno da Pampulha se tornou, em julho de 2016, Patrimônio Cultural da Humanidade, título concedido pela Unesco. O complexo inclui os edifícios e jardins da Igreja São Francisco de Assis, o Museu de Arte da Pampulha, a Casa do Baile e o Iate Tênis Clube, construídos quase simultaneamente, entre 1942 e 1943, além do espelho d’água e da orla da Lagoa. Contempla também a Praça Dino Barbieri e a Praça Alberto Dalva Simão, ambas projetadas por Burle Marx.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade