Publicidade

Estado de Minas

Acidente entre três carretas mata uma pessoa e fecha a BR-040, em Congonhas

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas. Foi necessária a interdição total sentido Rio de Janeiro (RJ) e o bloqueio parcial sentido Distrito Federal (DF)


postado em 18/11/2019 20:08 / atualizado em 18/11/2019 20:43

Atenção, motoristas! A BR-040 foi interditada, próximo a Congonhas, na Região Central de Minas Gerais, na noite desta segunda-feira. Isso depois de três carretas baterem. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas.

 

De acordo com a concessionária que administra a via, a batida ocorreu próximo ao km 607. Foi necessária a interdição total sentido Rio de Janeiro (RJ) e o bloqueio parcial sentido Distrito Federal (DF). Trânsito fluindo pela marginal.



A dinâmica do acidente ainda não foi informada pela assessoria da concessionária.

Mais cedo, outro grave acidente deixou uma pessoa morta na BR-040, próximo a Santos Dumont, na Região da Zona da Mata. Um carro bateu de frente com uma carreta. Duas pessoas ficaram feridas. A rodovia ficou parcialmente interditada no trecho, o que provocou lentidão. Chovia no local no momento da ocorrência.

]O acidente aconteceu por volta das 11h no km 749. O motorista da carreta contou aos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que o condutor do carro perdeu o controle da direção do veículo em uma curva. O carro rodou na pista, atravessou para a contramão de direção e atingiu de frente o veículo de carga.

Com o impacto, um jovem de 25 anos morreu na hora. Outras duas pessoas foram socorridas por funcionários da Via 040, concessionária responsável pela estrada, e encaminhadas para hospitais da região. O estado de saúde delas não foi informado.

Devido ao acidente, a rodovia ficou parcialmente fechada por mais de cinco horas. A pista foi totalmente liberada somente 16h25.

Feriado violento nas estradas


O feriado da Proclamação da República foi o mais violento do ano de 2019 nas rodovias federais de Minas Gerais. Mesmo com um dia a menos, o feriado prolongado da Proclamação da República deste ano de 2019 foi quase duas vezes e meia mais violento (+144%) que o do último ano, com 22 mortos nas rodovias federais, entre sexta-feira e domingo últimos, contra nove óbitos entre quinta-feira e domingo, em 2018, aponta balanço da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Minas Gerais. O carnaval deste ano era o mais violento, registrando, também, nove óbitos em quatro dias.


Publicidade