Publicidade

Estado de Minas

"Erramos no projeto da Vilarinho", diz Kalil sobre obras de prevenção de chuva

O prefeito afirmou que o problema das chuvas em Belo Horizonte remonta a 50 anos, então não será resolvido em uma única gestão


postado em 31/10/2019 10:43 / atualizado em 31/10/2019 14:35

Alexandre Kalil falou sobre a situação na manhã desta quinta-feira(foto: Márcia Maria Cruz/EM/DA Press)
Alexandre Kalil falou sobre a situação na manhã desta quinta-feira (foto: Márcia Maria Cruz/EM/DA Press)


O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, afirmou, na manhã desta quinta-feira, que a prefeitura errou no projeto elaborado para prevenção de chuvas na Avenida Vilarinho, na Região de Venda Nova.  Entretanto, conforme o Estado de Minas mostrou, o projeto de prevenção de chuvas na região da Avenida Tereza Cristina também não foi suficiente para impedir transtornos aos moradores da região depois de um temporal na capital.

O projeto original da Avenida Vilarinho foi modificado e estão sendo analisadas alterações para lançar nova licitação. "Houve problemas. A prefeitura tem que ter a humildade de dizer que nós erramos no projeto. Não vamos, porque anunciamos, fazer uma lambança de R$ 300 milhões. Temos responsabilidade. Estamos com projeto pronto e juntos, Ministério Público Tribunal de Justiça e a prefeitura equacionando, de modo mais rápido, para que seja licitado - com todos à mesa para que não haja dúvida."

O prefeito afirmou que o problema das chuvas em Belo Horizonte remonta a 50 anos, então não será resolvido em uma única gestão. "A situação está se resolvendo. A imprensa tem que investigar as obras que estão sendo feitas  invisíveis , porque é obra que não dá voto, para absorver um pouco dessa água. A prevenção foi feita com muita competência.Deus permita que ela continue. São problemas de 50 anos alguém tem que começar e nós já começamos. Vai ser resolvido", disse.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade