Publicidade

Estado de Minas

Morre funcionário que trabalhava em vertedouro da Pampulha no dia da explosão

Vítima estava internada em estado gravíssimo no Hospital João XXIII. Outros dois seguem internados


postado em 29/10/2019 11:41 / atualizado em 29/10/2019 13:42

 Jair Amaral/EM/DA Press
(foto: Jair Amaral/EM/DA Press)
Morreu na noite dessa segunda-feira, o funcionário de 43 anos vítima de uma explosão em um vertedouro, localizado no entroncamento das avenidas Otacílio Negrão de Lima e Antônio Carlos, na Região da Pampulha.

Em boletim divulgado às 10h57 desta terça-feira, a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) informou também, que os outros dois funcionários, permanecem internados sob cuidados intensivos no Hospital João XXIII.  
 
De acordo com o boletim médico, o paciente de 47 anos permanece em estado gravíssimo. Já o terceiro funcionário de 56 anos, também está em estado grave, no CTI, porém estável clinicamente. Os nomes das vítimas não foram divulgados.

A explosão

A poluição da Lagoa da Pampulha – resultante do lançamento diário de toneladas de lixo, da descarga clandestina de esgoto e de outras fontes de contaminação – pode estar também diretamente ligada à explosão ocorrida.
 
Peritos da Polícia Civil estiveram no local e investigam uma possível combustão por gás gerado a partir do acúmulo de resíduos, em procedimento que deve ser concluído em 10 dias.
 
No acidente, três operários ficaram feridos: João Carlos Francisco, Cláudio dos Santos e Sebastião Ferreira Ramos, que foram levados para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII, onde permanecem internados.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade