Publicidade

Estado de Minas

Casal de idosos morre em incêndio enquanto dormia em casa no Norte de Minas

Fogo destruiu quarto da casa em que homem de 79 anos e mulher de 67 dormiam


24/10/2019 15:09

Moradia onde casal morreu carbonizado em incêndio no distrito de Vila do Morro, em São Francisco, no Norte de Minas(foto: Policia Militar/Divulgação)
Moradia onde casal morreu carbonizado em incêndio no distrito de Vila do Morro, em São Francisco, no Norte de Minas (foto: Policia Militar/Divulgação)

Um casal de idosos morreu carbonizado durante um incêndio em uma casa, no distrito de Vila do Morro, em São Francisco, no Norte de Minas, na madrugada desta quinta-feira. Conforme a Polícia Militar, as vítimas, Leonardo de Bellis Netto, de 79 anos; e Joaquina Gonçalves de Souza, de 67 dormiam em um quarto da casa, que foi destruído pelas chamas.

O fato aconteceu por volta das 3h30. Segundo o sargento João Neto Pereira Andrade, da Companhia Independente da PM de São Francisco, a suspeita é que a causa do incêndio foi uma vela acesa deixada de uma máquina de costura antiga, dentro do quarto onde o casal dormia. O fogo começou em um forro da máquina e depois as chamas atingiram móveis e o telhado do cômodo, que desabou.

Os dois idosos estavam sozinhos na moradia. Algum tempo depois do início do incêndio, vizinhos ouviram o barulho e deslocaram para a residência. Como as portas estavam trancadas, eles tiveram que arrombar uma das janelas. Com baldes de água, os moradores conseguiram debelar as chamas, impedindo que outros cômodos da casa fossem atingidos. Mas, já encontraram as vítimas mortas, com os corpos carbonizados.

(foto: Moradia onde casal morreu carbonizado em incêndio no distrito de Vila do Morro, em São Francisco, no Norte de Minas)
(foto: Moradia onde casal morreu carbonizado em incêndio no distrito de Vila do Morro, em São Francisco, no Norte de Minas)


Além da Polícia Militar, foi acionada a Polícia Civil, que realizou uma perícia no local para apurar as causas do sinistro. Os corpos de Leonardo e Joaquim a foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Januária. Eles deverão ser sepultados em São Paulo, onde residem os filhos do casal.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade