Publicidade

Estado de Minas

Mulher é agredida por marido que não aceita fim do relacionamento

Filha de 11 anos presenciou agressão dentro de apartamento no Bairro Camargos, Região Noroeste de Belo Horizonte; vítima tinha medida protetiva


postado em 10/10/2019 17:02 / atualizado em 11/10/2019 13:19

Crime ocorreu no Bairro Camargos, Região Noroeste de Belo Horizonte(foto: Reprodução/Google Street View)
Crime ocorreu no Bairro Camargos, Região Noroeste de Belo Horizonte (foto: Reprodução/Google Street View)

Uma mulher de 41 anos foi agredida pelo marido na madrugada desta quinta-feira, no Bairro Camargos, Região Noroeste de Belo Horizonte. Ela já tinha uma medida protetiva contra o homem, de 37 anos, que foi levado para a Delegacia Especializada de Crimes Contra a Mulher, no Barro Preto, Região Centro-Sul da capital.

Quando os policiais militares chegaram ao local, ouviram muito barulho e gritos. O homem se negou a abrir a porta e os militares tiveram que usar a força. Ao entrar na casa, visualizaram o apartamento “todo revirado”, segundo o boletim de ocorrência. Os militares contaram ainda que o homem estava agressivo, com sintomas de embriaguez e bastante hostil com a mulher, precisando ser algemado.

A mulher relatou que ela estava em casa após passar o dia trabalhando quando ele começou a discutir sem motivo. Ele começou a beber cerveja e conhaque, piorando as discussões e ameaçando bater na mulher. Ainda segundo ela, além das ofensas verbais, ele fez gestos obscenos na frente da filha de 11 anos.

Logo depois, agrediu a mulher com vários socos no rosto e na cabeça, puxões de cabelo e mordidas. Ela chegou a cair no chão e mesmo assim as agressões não pararam.

Em boletim de ocorrência, a mulher disse que as agressões já aconteceram outras vezes e que ela tinha medida protetiva contra o homem, mas que ele não aceitava o término do relacionamento e continuava morando com ela.
 
De acordo com a Polícia Civil, o homem não foi preso. Foi feito um novo pedido de medida protetiva e instaurado um inquérito para apurar o caso.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade