Publicidade

Estado de Minas

Grupo vai nadar em cachoeira de Brumadinho e incêndio destrói carros dos turistas

Segundo a Defesa Civil, a Rodovia Alberto Flores foi interditada por uma hora por segurança


postado em 18/09/2019 19:22 / atualizado em 19/09/2019 12:12

Dois carros deixados próximo à rodovia foram destruídos pelas chamas (foto: Reprodução / WhatsApp)
Dois carros deixados próximo à rodovia foram destruídos pelas chamas (foto: Reprodução / WhatsApp)

Um incêndio de grandes proporções em Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte, destrói uma extensa área de vegetação há mais de uma semana. Além das consequências ao meio ambiente, as chamas causam prejuízo aos moradores. Ao menos dois carros foram atingidos nesta quarta-feira, quando os ocupantes foram se refrescar em uma cachoeira. 

Segundo a Defesa Civil, os donos dos carros estacionaram próximo à Rodovia Alberto Flores, onde ocorria o incêndio, e foram nadar. Quando voltaram, encontraram seus carros destruídos.

As chamas não chegaram à rodovia, porém a corporação optou por interditar o local durante uma hora por questão de segurança.  

Moradores assustados


Incêndio em Brumadinho atinge uma extensa área de vegetação seca há uma semana(foto: CBMG/Divulgação)
Incêndio em Brumadinho atinge uma extensa área de vegetação seca há uma semana (foto: CBMG/Divulgação)

 
Uma moradora do Condomínio Mãe-Terra, no distrito de Piedade de Paraopeba, em Brumadinho, informou que as chamas que atingem a vegetação estão muito altas e que está bem preocupada. 

Ela ressaltou que um morador, ao tentar ajudar no combate ao incêndio durante a noite, sofreu uma parada cardiorrespiratória por causa dos gases CO2 liberados pelo fogo

A moradora enviou áudios a grupos de WhatsApp pedindo ajuda, porque, segundo ela, os bombeiros não trabalham no combate às chamas durante a noite.  

O Corpo de Bombeiros atua há mais de uma semana na região. Durante a noite, as chamas são monitoradas pelos militares, porém, não há combate por questões de segurança.
 
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


Publicidade