Publicidade

Estado de Minas

Família de Montes Claros vive espera angustiante para sepultar vítima de feminicídio

Até o momento, familiares de Larissa França, assassinada no interior da Bahia, não receberam o corpo da jovem. A suspeita é de que ela tenha sido morta a facadas


postado em 16/09/2019 19:43 / atualizado em 17/09/2019 08:48



Está previsto para esta terça-feira, em Montes Claros,  o sepultamento do corpo da jovem Larissa Silva França, de 29 anos, natural da cidade do Norte de Minas, assassinada na região de Vitória da Conquista, no interior da Bahia, em circunstâncias ainda misteriosas. 
 
A família divulgou por meio das redes sociais que o velório seria iniciado às 20h desta segunda-feira, no salão de uma funerária, no Bairro Edgar Pereira, em Montes Claros. No entanto, até o inicio da noite desta segunda-feira, o corpo não chegou à cidade. Isto porque houve atraso na liberação por parte do Instituto Médico Legal (IML) de Vitória da Conquista.
 
Conforme revelou o Estado de Minas, na tarde da última sexta-feira, a delegacia de Polícia Civil de Planalto, no Sudoeste da Bahia, confirmou que o corpo de uma mulher encontrado na zona rural do município é o de Larissa França. A polícia informou que a causa da morte ainda está sendo investigada, mas a suspeita é que a jovem tenha sido assassinada a facadas.

Larissa tornou-se conhecida em Montes Claros por gravar vídeos exibidos em alguns sites na internet. Ela também já fez apresentações em uma casa noturna da cidade do Norte do estado. Há algum tempo, estava morando em um hotel em  Vitória da Conquista. No dia 2 de setembro Larissa  estava sendo aguardada pela família em Montes Claros, mas não apareceu. Desde aquela data, não postou nada nas redes sociais. Na semana passada, os parentes da jovem decidiram se deslocar até Vitória da Conquista (a 470 quilômetros de Montes Claros) à procura da moça.

No último dia 5, foi encontrado um corpo de uma mulher à beira da uma estrada vicinal, perto da comunidade de Lucaia, no município de Planalto, que fica a 70 quilômetros de Vitoria da Conquista. No entanto, não foi feita a identificação imediata, pois o corpo estava em estado avançado de decomposição. Foram necessários exames periciais pelo Instituto Medico Legal (IML).
 
Na sexta-feira passada, a família da jovem confirmou junto ao IML que o corpo é de Larissa França. Uma irmã dela publicou uma mensagem em uma rede social confirmando a morte da jovem, à qual prestou homenagem.

A morte da jovem continua sendo um mistério. O corpo apresentava sinais de facadas. Responsável pela apuração, a delegacia civil de Planalto alegou que ainda não pode adiantar nada sobre o caso. Mas, de acordo com fonte da polícia, as investigações estão bastante adiantadas. A suspeita é de que a jovem tenha sido morta após ter saído do hotel para um encontro em Vitória da Conquista. Ela teria sido assassinada e, em seguida, o corpo foi transportado e jogado à beira de uma estrada vicinal, na comunidade de Lucaia.


Publicidade