Publicidade

Estado de Minas

''Ele é agressivo'', diz prima sobre acusado de esfaquear esposa por copo quebrado

Segundo a parente da vítima, suspeito já havia batido na mulher outras vezes. Caso aconteceu na cidade de Betim, na Grande BH


postado em 16/09/2019 16:09 / atualizado em 16/09/2019 19:21

 

Mais uma família que vive um drama devido à intolerância de um homem na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O caso ocorrido na madrugada desta segunda-feira (16), em Betim, chocou parentes da jovem de 22 anos, esfaqueada pelo marido depois de discutir com ele por causa de um copo quebrado.


Natália Caroline, prima da vítima, deu detalhes sobre o fato e a relação do casal à reportagem da TV Alterosa. “Era o batizado do filho deles e fizeram um almoço em comemoração. Do nada, eles começaram a brigar. Parece que ele começou a jogar garrafas e ameaçou queimar a casa. Só sei que minha prima saiu de lá esfaqueada, no meio da rua”, explica.


Segundo Natália, a prima era vítima de um ciclo de violência, que culminou na tentativa de feminicídio. “Ele já chegou a bater. A gente falou muito com ela para largar ele. Ela falava que não ficaria mais com ele, mas depois voltava. E a mãe dela nunca gostou dele, porque ele é agressivo”, lamenta.


O suspeito de 29 está foragido. Segundo testemunhas, a briga começou por causa de um copo quebrado durante uma festa de família. O criminoso fugiu e até a manhã desta segunda não havia sido localizado.


“Eu não sei o real motivo, mas não tem cabimento. Ele é psicopata. Eu quero que ache ele e prenda, para ele pagar por tudo que ele fez”, desabafa a parente da jovem vitimada.

 

O crime 


A sogra da vítima contou à polícia que o casal e a mãe da jovem estavam bebendo. Ao discutir, eles saíram da garagem para a cozinha, onde ambos se agrediram, segundo ela. A sogra do agressor também entrou na briga.


A mãe e a irmã do homem pegaram as crianças do casal (de sete meses, 5 anos e 7 anos) e foram para o terreiro da casa. Assim, nenhum deles viu o momento em que ele partiu para cima da jovem com a faca. Depois da agressão, ele fugiu em um Volkswagen Jetta preto.


De acordo com a PM, a jovem levou quatro facadas no tórax, uma nas costas, uma no braço esquerdo e outra no abdômen. A moça esfaqueada foi levada à Unidade de Atendimento Imediato (UAI) Alterosas.


Quando os policiais chegaram ao local, ela estava em uma sala de tratamento intensivo e a equipe de plantão preparava a transferência dela ao hospital regional. Na manhã desta segunda, ela já estava nessa unidade.


Lá, a mãe da vítima confirmou que o genro tentou matar a filha com uma faca após a discussão. Ela disse que retirou a faca do corpo da vítima e jogou em uma linha férrea, mas ela conseguiu encontrar o objeto e entregá-lo à polícia.


Até o momento do registro da ocorrência, o estado de saúde da vítima era estável.


O suspeito tem passagens por porte ilegal de armas, tráfico de drogas e uso de entorpecentes. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Betim.



Publicidade