Publicidade

Estado de Minas

Campo magnético espanta pombos da rodoviária de Varginha

Equipamento forma um campo magnético que incomoda as aves, fazendo com que elas voem para árvores ou outros locais fora do imóvel


postado em 29/07/2019 09:23 / atualizado em 29/07/2019 09:35



A prefeitura de Varginha, no Sul de Minas Gerais, apelou para a tecnologia para evitar a presença de pombos no terminal rodoviário da cidade. A solução, segundo o Executivo, não causa danos à saúde das aves. 

A instalação do equipamento começou na semana passada. Ele forma um campo magnético que incomoda as aves, fazendo com que elas voem para árvores ou outros locais fora do imóvel. O investimento foi de R$ 4,5 mil. “A presença dos pombos, além de gerar muita sujeira pode causar doenças aos usuários e servidores do terminal rodoviário”, comentou a prefeitura. 

Equipamento foi instalado na semana passada(foto: Prefeitura de Varginha/Divulgação)
Equipamento foi instalado na semana passada (foto: Prefeitura de Varginha/Divulgação)


De acordo com o secretário Municipal de Turismo de Varginha, Barry Charles Sobrinho, pode demorar até seis meses para um resultado de 98% de eficiência. A empresa responsável pelo equipamento também vai dar assistência e adequar a peça conforme os resultados obtidos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade